>
sábado, 28 de maio de 2022 - 02:01 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Adibam de Barra Mansa busca parcerias para criação do Centro de Referência para Diabéticos

Adibam de Barra Mansa busca parcerias para criação do Centro de Referência para Diabéticos

Matéria publicada em 25 de janeiro de 2022, 14:03 horas

 


A Adibam já atua na cidade há mais de 15 anos – Foto; Divulgação.

Barra Mansa- A Adibam (Associação dos Diabéticos de Barra Mansa) está dando um novo passo para a implantação do Centro de Referência dos Diabéticos. E por este motivo a entidade está buscando parceria com empresas da iniciativa privada que poderão deduzir na Declaração do Imposto de Renda contribuições destinação a promoção à saúde e ao bem estar, com foco nas ações de prevenção a diabetes.

Caso seja aprovado pelo Conselho Municipal de Saúde, o projeto vai possibilitar a contratação de profissionais da área que vão atuar nos atendimentos gratuitos de rastreamento e controle da doença. O Centro de Referência dos Diabéticos vai funcionar em dois consultórios e dois ambulatórios, que vai abrigar uma equipe multidisciplinar composta de um médico endocrinologista; uma nutricionista; uma enfermeira; duas auxiliares de enfermagem e dois técnicos de enfermagem.

Entidade

A Adibam já atua na cidade há mais de 15 anos. A entidade inserida no CNES – Cadastro Nacional de Estabelecimentos da Saúde é reconhecida como utilidade pública Municipal e Estadual é responsável pelas ações gratuitas de controle da diabetes, bem como o atendimento aos portadores da doença. Durante a pandemia o total de casos de pessoas diagnosticadas com a diabetes no município, subiu em 40%.

Realizando entre cinco a seis mil atendimentos ao ano, a entidade tem como foco, além das orientações sobre os cuidados e o risco do descontrole da doença, minimizar os sintomas, além de diagnosticar novos casos de diabetes, dando dignidade e fortalecendo a autoestima e o amor próprio dos portadores da doença. “Trabalhamos mostrando aos pacientes portadores da doença, que é possível levar uma vida normal sem grandes privações”, ressaltou a presidente da Adibam, Maria Eterna Quintão.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document
close