terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 08:07 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Alunos de Quatis que jogam xadrez têm melhor desempenho em matemática

Alunos de Quatis que jogam xadrez têm melhor desempenho em matemática

Matéria publicada em 26 de junho de 2017, 21:59 horas

 


Jogos da mente: Xadrez nas Escolas é realizado em oito unidades de ensino de Quatis (Foto: Divulgação/Ascom PMQ)

Jogos da mente: Xadrez nas Escolas é realizado em oito unidades de ensino de Quatis (Foto: Divulgação/Ascom PMQ)

Quatis – Um levantamento divulgado nesta semana pela secretaria municipal de Educação mostra que 88,5% dos 246 estudantes das escolas municipais atendidos pelo projeto ‘Xadrez Nas Escolas’ tiveram nota igual ou superior à média exigida em matemática. O balanço corresponde ao período de março, abril e maio deste ano. Já no caso da matéria sobre Desenho Geométrico, o percentual de estudantes que alcançaram a nota mínima chegou a 100%. Foram avaliados os aproveitamentos dos alunos nas duas disciplinas que tiveram pelo menos 75% de frequência nas atividades do projeto.

O Xadrez nas Escolas é realizado em oito escolas municipais. As aulas são coordenadas pela professora Fabiana dos Santos Aguiar Fonseca.

Para a secretária de Educação, professora Alessandra Almeida, o resultado do levantamento mostra que a proposta de inserir o aprendizado sobre o jogo de xadrez nas escolas municipais vem alcançando os objetivos da iniciativa, que consiste em melhorar o rendimento escolar nas disciplinas de matemática e desenho geométrico; incentivar o raciocínio; estimular a memória; aumentar a concentração e conscientizar os alunos sobre a importância do respeito às regras.

– O projeto Xadrez nas Escolas tem o apoio total da administração do prefeito Bruno de Souza (PMDB), justamente por proporcionar as condições necessárias ao perfeito aprendizado sobre as disciplinas de matemática e desenho geométrico, melhorando ainda o comportamento dos estudantes no relacionamento em sociedade. Vamos continuar estimulando essa iniciativa, pois estamos cientes dos bons resultados que ela proporciona aos alunos – disse Alessandra.

O levantamento detalha a avaliação dos alunos em cada uma das escolas nas quais o projeto é desenvolvido. Entre outros resultados, o balanço mostrou que, na Escola Maria Helena Rafael D`Elias, mais de 70 % dos alunos matriculados no projeto alcançaram a nota mínima em matemática e 100% tiveram nota acima de 70 na disciplina de desenho geométrico. Já na Escola Julieta Sampaio, o número de estudantes com nota superior a 70 em matemática atingiu 67%. Por sua vez, na Escola Carlos Campos de Faria (Falcão), 93% dos estudantes tiraram nota igual ou superior à média em matemática e 100% alcançaram a pontuação mínima em desenho geométrico.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document