quarta-feira, 13 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Alunos desocupam escolas estaduais de Volta Redonda

Alunos desocupam escolas estaduais de Volta Redonda

Matéria publicada em 17 de maio de 2016, 20:57 horas

 


Grupos estavam no Colégio Estadual Guanabara, no Aterrado, e no Ciep Glória Roussim, no Retiro

Pelo passe livre: Estudantes e manifestantes protestaram em frente à prefeitura de Volta Redonda (Foto: Divulgação Ubes)

Pelo passe livre: Estudantes e manifestantes protestaram em frente à prefeitura de Volta Redonda (Foto: Divulgação Ubes)

Volta Redonda – Alunos que ocupavam o Colégio Estadual Guanabara e o Ciep 295 – Profº Glória Roussim Guedes Pinto, respectivamente nos bairros Aterrado e Retiro, deixaram as unidades de ensino no início da noite desta terça-feira (17), por volta das 18h. Os locais estavam ocupados desde abril numa manifestação pelas melhorias na educação pública estadual e em apoio aos professores que estão com salários atrasados.

Segundo os manifestantes, a decisão de deixar os colégios aconteceu após a aprovação de algumas reivindicações quanto às mudanças internas das instituições, enquanto algumas externas também foram atendidas e outras seguem em negociação com a Secretaria Estadual de Educação.

Adson Trocades, um dos diretores da Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) em Volta Redonda, disse que depois de deixarem as escolas o grupo foi à Câmara Municipal para protestar pelo projeto de lei do passe livre estudantil, mas para surpresa dos manifestantes, não havia nenhum vereador na Casa e uma sessão solene era realizada no local. Por isso, o grupo foi até a frente da prefeitura onde pessoas protestavam contra o aumento da passagem de ônibus na cidade.

O Instituto de Educação Professor Manuel Marinho (IEPMM) continua ocupado por um grupo de estudantes.

Professores estaduais do Rio mantêm greve


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

18 comentários

  1. Avatar

    E bom lembrar que o seu limite termina aonde começa o meu, Todos tem direito a educação. Quem não esta satisfeito paga escola particular, não sou contra a manifestação, desde que não atinja outros, como é o caso dai, muitos estão sendo prejudicado pela minoria, a escola não é só de alguns, mas de toda comunidade, mesmo que eu quisesse mudar de escola nessa altura do campeonato não conseguiria acompanhar os outros. Será que o Ministério Público que ter poder de polícia, vai deixar isso ir em frente, prejudicando toda população? Será que nosso país perdeu sua identidade? Esse ano infelizmente vai ficar marcado pela indignação em todas as formas, quando se trata da violação dos direitos humanos.
    Curtir · Responder · Agora mesmo

  2. Avatar

    Acho isso uma perca de tempo pois o governo quer todos analfabetos, depois da ocupaçao quero ver qual de voces vão conseguir passar no enem para uma faculdade federal. Eles estão sendo cobaias de outros vai continuando que vão conseguir um troféu.

  3. Avatar

    Hoje eles ocupam as escolas amanhã irão ocupar os presídios essa é a realidade da história desses baderneiros. Escola lugar de aprendizagem, deveria cuidar e respeitar.

  4. Avatar

    Os comunistas/socialistas não respondem sobre o que é democracia? E os alunos (cria dos comunas) sobre o legislativo (vereança, deputados, congresso)?

    Eu não acredito que eles não saibam ler. Pra fazer baderna e atrapalhar a vida dos outros eles são bons.

  5. Avatar

    O Brasil criou uma geração de homem- médio, de homem-massa. Aquele que só busca direitos e se esquece das obrigações. Triste país.

  6. Avatar

    Agora já podem voltar a faltar aulas e desrespeitar os professores normalmente…

  7. Avatar

    massa manipulada para obter ganhos alguem lembra do cara pintada que apoiou a queda de um presidente e hoje e contra e acabou com uma cidade da baixada ta na hora de o gov deixar de dar dinheiro paras entidade de alunos sem terra sem casa sem cachorro para cubanos venezuela etc ou o brasil acaba com esses e o pt psol ou esses acabam com o brasil

  8. Avatar

    Pelo que tenho acompanhado estas ocupações estão conseguindo grandes vitórias para alguém que ainda não se apresentou.
    Os pais dos alunos que estão sendo prejudicados deveriam entrar com um processo de perdas e danos contra esse pessoal. Precisamos acabar com as práticas irresponsáveis neste país. O direito de manifestação deve ser garantido a todos. Posso não concordar com o que o outro pensa ou fala mas, tenho que respeitar e isso não significa ser prejudicado e não tomar nenhuma atitude.
    Será que estes alunos destas entidades estudantis estudam? Alguém sabe dizer onde estão matriculados?
    Vamos aguardar que os demais acabem com este movimento de ocupação e se ocupem de estudar e parar de atrapalhar a vida dos outros.
    O que também está me chamando atenção é o fato de terem realizado s ocupações em solidariedade á greve dos professores. As ocupações estão aos puco acabando e a greve? Em solidariedade às ocupações realizadas os professores retornarão para a sala de aula????????????

  9. Avatar

    Sempre em busca dos serviços gratuitos. O Constiuinte falhou ao promulgar a Constituição Cidadã, que outorga excessivos direitos sem contrapartida. O Estado arrecada elevados valores com a pesada carga tributária, porém parcela considerável da população se furta desta obrigação, onerando ainda mais aqueles que a cumprem. Para piorar, as políticas governamentais moldaram um sem número de pessoas, inclusive os jovens, a apenas exigir direitos, até mesmo aqueles que não existem. Lembrem-se de uma célebre frase: “não existe almoço grátis.”. O Estado deve prover o básico, reduzir os tributos, todos devem pagá-los, e toda família deve prover o seu próprio sustento.

  10. Avatar

    tou contigo e nao abro

  11. Avatar

    SE as escolas são estaduais, o que eles estão fazendo enfrente a prefeitura?

  12. Avatar

    O Diário do Vale usando a lei de acesso a informação poderia fazer uma matéria levantando o quanto a PMVR arrecada mensalmente nos parquímetros. Este recurso certamente garantiria muitas gratuidades nos ônibus ou seja o cidadão que usar seu carro, poluir, usar espaço público para guarda-lo financiaria a mobilidade dos menos favorecidos

  13. Avatar

    SE EU DIVULGAR O VÍDEO QUE FILMEI, DE UM PROFESSOR E UM ALUNO ORGANIZADOR, FALANDO QUE O MST IA NAS ESCOLAS, PC DO B, E O PROFESSOR FALANDO QUE TINHA UM ALUNO COM ARMA DE BRINQUEDO DENTRO DESTA BADERNA DE OCUPAÇÃO…

  14. Avatar

    Estudantes bobos sendo manipulados por professores socialistas/comunistas. Agora chamem o bispo, talvez ele interceda por vocês para que a CMVR os recebam num dia em que não há seçoes.

    Como disse o comentarista abaixo: se estudassem mesmo saberiam do porquê não encontraram nenhum dos vereadores na Casa do Povo.

    Será que eles sabem quantos vereadores há em VR? ou quantos deputados há na ALERJ e quantos são de nossa região? na Câmara Federal e quantos são de nossa região? Será que eles sabem a diferença de Congresso, Senado e Câmara de Deputados?

    Fessora (não cumunista, claro!) dê UM ZERO BEM GRANDE PARA ELES aprenderem a não serem manipulados.

    Vamos ver se eles respondem, já que os comunistas não responderam até agora o que é democracia. Pergunta esta feita na matéria com o bispo. Isso se eles tiveram a capacidade de ler.

    O que me deixa mais indignado são os eleitores que votam nesses partidos vermelhos que estão tirando a nossa paz desde 1922.

  15. Avatar

    E o Manoel Marinho???

  16. Avatar

    Os politiqueiros estudantis foram a Câmara mas se fossem organizados ou se estudassem de verdade saberiam que la nunca houve sessão as quartas feiras. Isto porque são “conscientes e participativos” e não massa de manobra. Quanto a salários atrasados não está. Houve decreto com a mudança na data de pagamento. Cabe ressaltar que o estado está em crise então nada fez. Deixou o movimento se organizar e simplismente o ignoraram. O que aconteceu: Vários estudantes verdadeiros deixaram de estudar para nada. Já foram prejudicados no enem para satisfazer um movimento político. Covardia sem tamanho com os alunos estudiosos e carentes que tem na escola sua única chance. Bando ordinário de arruaceiros que prejudicou muita gente de bem.

Untitled Document