sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 10:54 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Alunos do IFRJ de Pinheiral participam de concurso do Comitê Olímpico

Alunos do IFRJ de Pinheiral participam de concurso do Comitê Olímpico

Matéria publicada em 12 de julho de 2016, 12:01 horas

 


ifrj pinheiral

Recado olímpico: Bandeira criada pelos alunos do campus Pinheiral traz elementos que buscam simbolizar a paz e a igualdade
(Foto: Pedro Menezes/Divulgação)

Pinheiral – Alunos do campus Pinheiral, do Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), estão participando do concurso cultural “Trégua Olímpica – Eu Construo a Paz”, promovido pelo Comitê Rio 2016. A atividade, que é aberta a todo o país, consiste na confecção de uma bandeira e elaboração de uma mensagem de paz. O concurso está em fase de votação, que é aberta ao público. As 10 escolas com bandeiras mais votadas receberão uma réplica da tocha olímpica.

A votação acontece até o dia 28 de julho e pode ser feita através do link do Desafio Escolar Transforma – Trégua Olímpica.

A bandeira criada pelos alunos do campus Pinheiral traz elementos que buscam simbolizar a paz e a igualdade. Além disso, as folhas representam a natureza da unidade. Já a criação da mensagem de paz, proposta pelo concurso, tem, também, o objetivo de ressaltar a diversidade. Sendo a frase: “Em um país onde a diversidade é imensa, precisamos de paz, respeito, tolerância e compreensão. A diversidade é a nossa beleza”.

O aluno Caio Menezes, da TA 302, explicou qual é a mensagem que bandeira da unidade pretende transmitir.
– Nós queremos mostrar que a escola é diversificada e passar com isso a igualdade e tolerância, importantes para os jogos olímpicos – ressaltou.

A professora Gabriela de Souza, uma das responsáveis pelo projeto no campus, ressaltou que uma das principais propostas da atividade é resgatar os valores olímpicos.

– A importância dos valores olímpicos está na forma como os alunos vão aprender a lidar com as questões profissionais, pessoais e afetivas do cotidiano – avaliou.

Valores Olímpicos
Pierre de Coubertin, fundador do movimento olímpico, defendia que os jogos olímpicos era uma oportunidade para que os povos ao redor do mundo pudessem desenvolver uma série de valores universais. Valores que poderiam ser usados muito além do esporte, mas também, como forma de educação e em maneira de reger a sociedade.

Tais valores são: “Amizade”, “Respeito” e “Excelência”. Anos depois, em 1960, vieram os valores paraolímpicos: “Determinação”, “Coragem”, “Igualdade” e “Inspiração”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document