quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Asfalto cede e cratera se abre no Casa de Pedra, em Volta Redonda

Asfalto cede e cratera se abre no Casa de Pedra, em Volta Redonda

Matéria publicada em 19 de maio de 2016, 22:55 horas

 


Local liga o bairro à Rodovia dos Metalúrgicos; segundo moradores, problema é antigo

Estrago: Problema de longa data é transtorno para quem precisa passar pelo local no bairro Casa de Pedra, em Volta Redonda  (Foto: Libânia Nogueira)

Estrago: Problema de longa data é transtorno para quem precisa passar pelo local no bairro Casa de Pedra, em Volta Redonda  (Foto: Libânia Nogueira)

Volta Redonda – Parte do asfalto sobre uma ponte no bairro Casa de Pedra cedeu e uma cratera se abriu, impedindo a passagem de veículo. Segundo moradores, o problema é antigo neste ponto que liga o bairro à Rodovia dos Metalúrgicos, na Rua 719, e não é a primeira vez que isso acontece. Ainda de acordo com relatos de moradores, desta vez o problema com asfalto permanece já há quatro meses.

A ponte fica sobre o Córrego Cafuá, em uma rua entre um posto de gasolina e o Hospital da Unimed. Em 2012, uma enxurrada destruiu parte da pista e no ano seguinte o asfalto cedeu novamente após forte chuvas. A moradora Vera Lúcia Martins disse que os serviços de reparo feitos pela prefeitura de Volta Redonda não solucionaram o problema de longa data e, portanto, o asfalto volta a ceder.

– Já perdi a conta de quantas vezes eles (funcionários da prefeitura) vieram arrumar. O problema é que não fazem um serviço para arrumar de vez. Passam muitos caminhões e carretas pesadas e por isso cede muito o asfalto – contou Vera, que mora na Rua 750.
Para impedir que os veículos passem na rua, a prefeitura colocou manilhas no início e no final da via. Porém, motos têm passado no local e ontem, a moradora disse ter visto um motorista trocando as manilhas de lugar para passar de carro, utilizando a calçada.

O DIÁRIO DO VALE recebeu reclamações sobre o problema pelo Facebook.

– A ponte perto do posto de gasolina caiu causando grandes transtornos. Ficamos somente com uma saída para acessar a Rodovia (dos Metalúrgicos) – reclamou o morador Ariel Lopes através da rede social.
O técnico de segurança Carlos Reis, morador do Belvedere, que sempre frequenta o bairro vizinho, lamentou o fato de ter que estacionar distante do destino. Ele acredita que deveria ser feito um estudo para a solução do problema e que veículos pesados não passem mais pelo local. Além disso, ele opinou dizendo que a via deveria passar a ser de mão única, para assim gerar menos transtorno.

O DIÁRIO DO VALE entrou em contato com a prefeitura, através da assessoria de comunicação, mas não obteve nenhuma resposta sobre o problema.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

10 comentários

  1. Avatar

    Morada da Colina virou motel em carro.

  2. Avatar

    Nessa eleição, com essa crise , quero ver os políticos fazerem política sem dinheiro.
    A culpa de estarmos onde estamos é de nós mesmos, pois quem elege nosso nobres representantes ?

  3. Avatar

    Jornal DV conivente com o poder público, isso aí aconteceu a uns três meses atrás e a rua está interditada desde então causando transtorno aos moradores que precisam passar pelo local e não podem, só agora o jornal noticia o fato?

  4. Avatar

    É agora que não ser candidato, acho difícil o Neto fazer alguma obra, no máximo um CHAFARIZ NOVO…
    A cidade sempre alagou com com qualquer sereno, a situação só não é pior porque não está chovendo…

  5. Avatar

    Serviço meia boca da Prefeitura !! Depois vem pedir voto né!!!!!

  6. Avatar

    Essa não é propriamente uma ponte como relatam os moradores; neste local tem uma manilha de aço de diâmetro de mais ou menos 3 metros com o piso por cima.

    O problema é a piscina de água que fica na saída da manilha e que com a correnteza faz-se um redemoinho o qual vai corroendo a base da manilha ocasionando o afundamento que é ajudado com a trepidação promovido pelos carros. E para piorar, no mesmo ponto o piso é ovalado para baixo por ser final da descida da rua. Assim o impacto do peso dos carros praticamente ajuda a afundar ainda mais.

    Solução: evitar a piscina

  7. Avatar
    LUIZ MORADOR SIDEROPOLIS

    GENTE ESPERA MAIS DOIS MESES PARA O INICIO DE PEDIDO DE VOTOS PARA PREFEITO E VEREADOR
    QUE LOGO LOGO A OBRA INICIA…ISCTO ACONTECEU COM A OBRA NA RUA DA IGREJA SAO PAULO
    APOSTOLO….FICOU QUASE 4 ANOS CAIDA AI VEM A ELEIÇÃO …PODE ESPERAR…

    • Avatar

      É isso aí, temos um prefeito que trabalha só em ano de eleição para enganar os incautos, já começou a capinar e pintar as ruas. E o povo ainda cai nessa. Acorda meu CV povo. Mudança já

  8. Avatar
    HONESTIDADE E COMPETÊNCIA

    Não é a primeira vez que isto ocorre no local. É a terceira vez que o terreno cede a PMVR vai lá dá uma guaribada mal feita, vem a chuva e leva tudo de novo. SERVIÇO PORCO. Esta é a HONESTIDADE E COMPETÊNCIA deste Governo NETO. Vai vendo aí….

  9. Avatar

    Tragédia anunciada!!!

Untitled Document