quarta-feira, 27 de maio de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Atleta participa de competição e faz campanha na internet para ajudar animais

Atleta participa de competição e faz campanha na internet para ajudar animais

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2019, 16:25 horas

 


Ernesto Carriço disputa a Patagonia Run na distância de 160 Km, e transforma a corrida em ato solidário

Ernesto disputa a competição ‘Patagonia Run’ e arrecada fundos para os animais
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda- O fotojornalista e atleta Ernesto Carriço está inscrito na competição Patagonia Run, concorrendo na distância de 160 Km (100 milhas), a disputa acontecerá no dia 12 de abril em San Martin de Los Andes, na Argentina. O atleta está transformando a disputa em um ato solidário em prol da SPA (Sociedade Protetora dos Animais) de Volta Redonda, ONG sem fins lucrativos, que sobrevive com a ajuda de admiradores da causa animal.
Ernesto criou, com a ajuda de um site de contribuição (Kickante), uma campanha, que visa divulgar a competição, Patagonia Run, e arrecadar dinheiro para doar a instituição. A meta da ação é arrecadar R$ 13 mil. Até o momento as doações já somam R$ 585 e a campanha será encerrada no dia 16 de abril. Para participar basta acessar o link: https://goo.gl/Z7bfG1
– A instituição não conta com apoio de órgãos do estado e nem do município, somente com as doações e ajuda de alguns voluntários. A ideia da nossa campanha é correr as 100 milhas (160 km) da Patagônia Run, para conseguir arrecadar dinheiro e ajudar a SPA – disse o atleta, acrescentando que “se conseguirmos atingir a meta, todos os doadores participarão do sorteio de três bonés Trucker do Canal Ultramaniadecorrer”, destacou.
Esta não é a primeira vez que Ernesto Carriço viabiliza doações para a ONG, no ano passado o atleta participou também de uma grande competição esportiva e promoveu com ajuda de amigos a doação de 1.200Kg de ração aos animais.
– No ano passado conseguimos arrecadar o equivalente a 1.200kg de ração, o que deu apenas para três meses de alimentação dos bichinhos, mas valeu muito ter contribuído e agradeço a todos que ajudaram. Este ano a proposta é dobrarmos a arrecadação, em dinheiro, e assim ajudar na compra de ração, remédios, veterinários e manutenção do espaço – comentou.
A ligação do atleta com a ONG é por conta da paixão que sente pelos animais, em especial cachorros. Ele relatou as experiências que teve com seu inesquecível labrador e contou que atualmente tem em casa, sendo parte da família, dois cães vira-latas, que foram resgatados das ruas.
– O que me motiva a promover a campanha é minha paixão pelos animais, em especial os cães. Já tive um labrador que infelizmente faleceu, e tenho dois vira-latas que resgatamos das ruas e adotamos. Acompanho o trabalho que a SPA faz sem apoio do Poder Público, e estou tendo essa oportunidade de através da corrida chamar a atenção para o trabalho que a ONG presta para a cidade e não é reconhecido, por isso resolvi divulgar e pedir ajuda – frisou.

Adoção responsável e castração

Ernesto Carriço destacou a importância da adoção responsável dos animais que estão à disposição na sede da SPA e de outros que precisam de um lar, ele também enfatizou a conscientização da castração.
– Toda essa divulgação é uma ferramenta de conscientização e também para destacar a importância da adoção responsável e da castração nos animais que estão em situação de rua, que é uma questão de saúde pública muito séria, onde você tem um animal abandonado produzindo filhotes que também ficam expostos, uma situação desesperadora. A SPA, por sua vez, faz um trabalho magnífico de resgate, castração, atendimento veterinário e adoção – pontuou.

SPA atende 125 animais

A SPA (Sociedade Protetora dos Animais) de Volta Redonda não recebe nenhuma ajuda de órgãos públicos, segundo a presidente da ONG, Carminha Marques, a sobrevivência da instituição é através da colaboração das pessoas que se sensibilizam com a causa animal, além disso, para manter o custeio das despesas, que geram em torno de R$ 7 mil por mês, a SPA promove eventos arrecadando fundos para continuar viabilizando alimentação, veterinários, tratamentos, exames, vacinas e outras necessidades que os animais venham a ter.
– Promovemos eventos como bazar, localizado na Rua Dr. Altair Nogueira nº 112, bairro São João, que nos ajudar a arrecadar algum dinheiro, fazemos também show de prêmios. Essas ações corroboram com as nossas despesas mensais – disse, acrescentando que atualmente existem 125 animais, sendo 76 cães e 49 gatos.
A ONG não tem condições de resgatar outros animais devido à falta de espaço, entretanto, presta auxílio aos bichos que estão nas ruas. Segundo Carminha, em média 10 animais em situação de rua são atendidos por semana. Ela destacou que a ONG ajuda no tratamento veterinário e realiza campanhas nas redes sociais para conseguir lar temporário durante a duração do tratamento, ou até mesmo adoção proporcionando bem-estar e qualidade de vida ao animal.
– Nós viabilizamos todo o tratamento, entre consultas, exames e remédios, em seguida fazemos de tudo para conseguir um lar temporário ou adoção, divulgando a situação do animal nas redes sociais. Também ajudamos na castração para impedir a procriação e doenças, como câncer de mama – nas fêmeas- e câncer de próstata – nos machos – disse.

Últimos resgastes

Carminha mencionou que a SPA ajudou no último sábado uma tartaruga, que estava na rua, e um mico que levou um choque elétrico. Ambos estão sob os cuidados e abrigados temporariamente na ONG.
– Resgatamos esses animais no sábado, as pessoas os encontraram e vieram nos pedir ajudar, nós recolhemos e estamos ajudando com o tratamento, eles estavam machucados. O que a gente puder fazer nós fazemos, porém necessitamos de doações para continuar trabalhando em prol dos animais. Digo sempre, a SPA salva vidas – finalizou.
A ONG já ajudou mais de dez mil animais entre socorridos, doados e castrados e conta com um pequeno número de voluntários fixos, os quais auxiliam no trato dos animais (dar banho, cortar unhas, medicar, alimentar, limpar o canil). A ONG conta com um projeto de castração a um preço totalmente acessível voltado à população carente. A SPA faz parte do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Animal de Volta Redonda, onde atua junto ao Poder Público, discutindo políticas públicas voltadas aos animais.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document