sábado, 16 de outubro de 2021 - 03:48 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Audiência discute situação da população em situação de rua

Audiência discute situação da população em situação de rua

Matéria publicada em 8 de fevereiro de 2019, 17:47 horas

 


Encontro debate a criação de um Comitê para tratar questões especificas que envolvem esse público

Barra Mansa- A Câmara Municipal de Barra Mansa, através de uma solicitação da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, ao vereador Gustavo Gomes, realiza na próxima quarta-feira (13), às 18 horas, audiência pública para discutir sobre a população em situação de rua no município. A reunião tem como objetivo prestar esclarecimentos a sociedade sobre a questão, bem como buscar soluções conjuntas para o problema que hoje afeta não somente Barra Mansa, mas dezenas de cidades brasileiras.

Segundo a secretária de Assistência Social, Ruth Coutinho, a Rutinha, a audiência encaminhará a proposta para a criação do Comitê de População em situação de Rua com foco na elaboração de estratégias para diminuir o número de pessoas inseridas nessa realidade.

“A grande finalidade da audiência é sensibilizar a população sobre essa realidade. Hoje temos 111 moradores em situação de rua ativos. A responsabilidade e interesse sobre essas vidas não podem recair apenas sobre a prefeitura. Precisamos pensar soluções conjuntas com as entidades civis organizadas e a sociedade em geral”, expressou a secretária.

Ruth ainda explicou que a criação do Comitê terá o apoio da prefeitura, através das Secretarias de Ordem Pública, Habitação, Saúde e Desenvolvimento Econômico, além da Guarda Municipal e da Fundação Cultura. “Precisamos muito do apoio da sociedade, através das entidades do município, da associação de moradores e da Pastoral de Rua. Acredito que se juntarmos forças conseguimos mudar essa realidade em Barra Mansa”, sugeriu Ruth.

A secretária ainda fez questão de agradecer os envolvidos. “Toda equipe da secretaria agradece à iniciativa do vereador Gustavo e o apoio da câmara, através dos demais vereadores. Sem este apoio, teríamos dificuldades para a criação do comitê”, concluiu.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Penso que deveria ter clínicas psiquiatras porque a família não consegue controlar os que tem problemas mental

  2. Hoje tinham 10 jovens mendigos na Beira Rio, cartão postal de Barra Mansa.
    Li no jornal dias atrás que tem 12.000 familias na cidade recebendo Bolsa Familia,
    achei esse número elevado, mas não tinha dar mais 10 e colocar esses caras bem longe.
    Ou manda para o Bispo acabar de criar.

  3. Ajudem o Gugu,a única coisa que sobrou foi o smartphone o qual ele escreve as suas sandices.

Untitled Document