quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 17:15 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Bancários do Sul Fluminense orientam população sobre direitos em agências

Bancários do Sul Fluminense orientam população sobre direitos em agências

Matéria publicada em 11 de setembro de 2015, 22:17 horas

 


Direitos do consumidor: Diretores do Sindicato dos Bancários distribuíram materiais para esclarecer moradores da região (Foto: Divulgação)

Direitos do consumidor: Diretores do Sindicato dos Bancários distribuíram materiais para esclarecer moradores da região (Foto: Divulgação)

Volta Redonda- O Sindicato dos Bancários do Sul Fluminense realizou nesta semana a entrega de informativos sobre assuntos de interesse de clientes e usuários dos bancos na região. Um deles é em relação à resolução nº 3694/09, do Banco Central do Brasil, que diz que instituições financeiras são proibidas de se recusar o pagamento ou dificultar o acesso aos canais de atendimento convencionais, como guichês e caixas eletrônicos.

De acordo com o presidente da entidade, Péricles Lameira, o Cabral, a pessoa que se sentir prejudicada pelo fato de o banco se recusar a receber os tributos deve entrar em contato com a ouvidoria do banco.
– Nossa meta é esclarecer ao usuário e correntista dos bancos sobre os seus direitos. Muitas agências estão encaminhando este serviço para as lotéricas, fazendo aumentar a fila desses estabelecimentos e o tempo de espera do consumidor – disse Cabral.
Pela resolução, o Banco Central entende que a escolha quanto ao canal de atendimento deve ser do consumidor. A regra vale, inclusive, para a as agências instaladas no interior de órgãos públicos, como câmaras municipais, prefeituras e assembleias legislativas.

Saiba como reclamar

Se ocorrer algum problema, a pessoa pode reivindicar através das ouvidorias dos bancos ou pelo Disque Procon (151) e Banco Central (145 – custo de uma ligação local ou www.bcb.gov.br/?reclamacao). As ligações para as ouvidorias são gratuitas. Confira os telefones abaixo:
Banco do Brasil – 0800 729 5678
Bradesco – 0800 727 9933
Caixa Econômica Federal – 0800 725 7474
Itaú/Unibanco – 0800 570 0011
Santander – 0800 726 0322

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Caro cidadão 0% honesto: você confunde bancário com banqueiro. Quem não quer receber as contas são os BANQUEIROS. Os funcionários somente seguem suas ordens. Preste atenção e não mude o conteúdo da matéria!
    Amigo, antes de falar besteiras, leia e reflita o texto. Observe que quem está instruindo a população é o próprio sindicato da classe.
    Aproveito e falo que são as agencias de bancos particulares que rejeitam estes documentos na ‘boca do caixa’. O bancos públicos acatam todas, exceto aqueles que por convenio ou interesse do recebedor (quem está recebendo o pagamento), não recebem contas. Exemplifico: alguns documentos do DETRAN são recebidos somente no BRADESCO. Agora pergunto: é culpa dos bancários deste banco???

  2. Caro cidadão 0% honesto: você confunde bancário com banqueiro. Quem não quer receber as contas são os BANQUEIROS. Os funcionários somente seguem suas ordens. Preste atenção e não mude o conteúdo da matéria!!!!!!
    Amigo, antes de falar besteiras, leia e reflita o texto. Observe que quem está instruindo a população é o próprio sindicato da classe.
    Aproveito e falo que são as agencias de bancos particulares que rejeitam estes documentos na ‘boca do caixa’. O bancos públicos acatam todas, exceto aqueles que por convenio ou interesse do recebedor (quem está recebendo o pagamento), não recebem contas. Exemplifico: alguns documentos do DETRAN são recebidos somente no BRADESCO. Agora pergunto: é culpa dos bancários deste banco???

  3. Desde quando bancário tem alguma preocupação com a população?
    Isso é medo da população fazer praticamente tudo nas lotéricas. Se isso acontecer as greves bancárias não terão impacto, já que as lotéricas não aderem a essas greves.

    Quando me ligam para oferecer qualquer serviço ou produto eu falo que vou procurar na lotérica, mesmo que não seja serviço de lotérica.

    Corja de imprestáveis

  4. Valeu! São ações como esta que fazem com que o cidadão tome conhecimento dos seus direitos básicos.
    Esses bancos não produzem nada para o desenvolvimento do país e ainda são cobertos por inúmeros privilégios.
    Que não fique só nesta ação pontual…….

Untitled Document