terça-feira, 19 de outubro de 2021 - 02:56 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Barra Mansa destaca promoção da igualdade racial no dia da Abolição da Escravatura

Barra Mansa destaca promoção da igualdade racial no dia da Abolição da Escravatura

Matéria publicada em 13 de maio de 2020, 17:36 horas

 


Barra Mansa– No dia que marca a Abolição da Escravatura, a prefeitura de Barra Mansa destaca a importância de políticas públicas que garantam equidade e seguridade à população negra. Através da Gerência de Promoção da Igualdade Racial (Gepir), são criadas e implantadas ações visando à conscientização, educação e autonomia desses munícipes.

O trabalho é realizado em conjunto com as secretarias de Educação, Saúde, Assistência Social e Direitos Humanos, Desenvolvimento Econômico e com a Fundação Cultura. No momento, as ações estão interrompidas devido à pandemia do Covid-19. Algumas atividades online estão em planejamento.

A vice-prefeita Fátima Lima destacou o trabalho realizado em busca da conscientização da causa. “O racismo é um flagelo instalado na sociedade e não temos culpa pelos atos, mas, se não fizermos nada, somos responsáveis pela continuidade deste mal. Por isso, o governo municipal, através da Gepir, desenvolve ações educativas, informativas com objetivo de provocar mudanças de pensamento, principalmente nas crianças e adolescentes”, frisou.

A gerente da Gepir, Deviane Costa, exemplificou a importância do dia. “A Abolição da Escravatura ocorreu há cento e trinta e dois anos, não faz muito tempo. O povo brasileiro é fruto de uma sociedade preconceituosa e desigual. À medida que promovemos a atuação de indivíduos conscientes de seus direitos e deveres, fomentamos neles a capacidade de sonhar, de lutar pelos seus objetivos, de lutar por justiça, de atingir os seus ideais. Seja individualmente ou dentro de um coletivo”, destacou.

A política de promoção da igualdade racial é uma política transversal que transita através de vários setores, com o intuito de estruturá-los para fortalecer as políticas públicas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document