quarta-feira, 8 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Barra Mansa vistoria cemitério municipal

Barra Mansa vistoria cemitério municipal

Matéria publicada em 19 de fevereiro de 2016, 18:35 horas

 


De olho: Servidores procuram por focos do mosquito da dengue no cemitério de Barra Mansa (Foto: Sergio Fortuna)

De olho: Servidores procuram por focos do mosquito da dengue no cemitério de Barra Mansa (Foto: Sergio Fortuna)

Barra Mansa – A secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos, em parceria com agentes da coordenadoria de Vigilância em Saúde Ambiental, realizou na tarde de ontem uma ação de combate a vetores no Parque da Cidade Natanael Geremias e no Cemitério Municipal. A ação contou com mais de 40 agentes e teve como objetivo a remoção de materiais que podem acumular água e a colocação de terra em vasos fixos ou sepulturas.

– A equipe da Vigilância faz uma vistoria completa no cemitério municipal e no parque quinzenalmente para eliminar materiais que podem acumular água e se tornar criadouros do mosquito transmissor de doenças. Além disso, verificamos todos os túmulos para avaliar se não há rachaduras ou acumulo de água – explicou o coordenador de Vigilância em Saúde Ambiental de Barra Mansa, Igo de Freitas Gonçalves.

A secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Maria José Cezar, ressaltou que as ações realizadas no cemitério são diferenciadas pela quantidade de pessoas que o espaço recebe diariamente.

– Todos os dias os funcionários do cemitério percorrem o espaço e retiram os materiais visíveis e semanalmente uma ação mais abrangente é realizada no local – informou Maria .

O coordenador de Vigilância em Saúde Ambiental destacou ainda que os agentes não localizaram nenhuma larva no espaço durante a ação. “Apesar de o cemitério ser muito extenso, não localizamos nenhuma larva do Aedes aegypti, o que prova que o trabalho vem sendo realizado de forma consistente”, comemorou Igo.

Maria José acrescentou que o apoio do visitante é imprescindível para garantir que o espaço fique livre de focos do Aedes aegypti. “Solicitamos aos visitantes que evitem trazer vasos de plantas que possam acumular água e que coloquem areia nos pratinhos. Outro conselho, é que os plásticos que enfeitam as flores sejam removidos, pois também podem acumular água. Com a ajuda de todos, vamos conseguir combater à dengue e o Zika em Barra Mansa”, finalizou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

2 comentários

  1. Avatar

    O Prefeito de Barra Mansa só realiza o que é cobrado no facebook. Kkkk. Uma vergonha! O grande Natanael não merecia ter um parque imundo com o seu nome.

  2. Avatar

    40????ÉÉÉ TA SOBRANDO GENTE. BOA MANOBRA, DEIXE SUJAR, LIMPE E DIVULGA COMO UMA GRANDE OBRA. A QUE NÍVEL BAIXO CHEGOU A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE BARRA MANSA.

Untitled Document