sexta-feira, 23 de agosto de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Cai o número de mortos nas estradas durante a semana do Natal

Cai o número de mortos nas estradas durante a semana do Natal

Matéria publicada em 29 de dezembro de 2015, 10:32 horas

 


Brasil – A Polícia Rodoviária Federal informou que o número de acidentes graves nas rodovias federais durante a semana de Natal diminuiu em relação ao ano passado. As informações são da Agência Brasil.

Entre os dias 21 e 27 de dezembro, foram registrados 1.441 acidentes com vítimas. Destes, 340 foram acidentes graves – aqueles que resultam em, pelo menos, um ferido grave ou morto. No total, 2.355 pessoas ficaram feridas e 200 morreram.

Em 2014, foram 1.348 acidentes com vítimas, 489 acidentes graves, 2.251 feridos e 211 mortos.

Embora os registros indiquem aumento no número de acidentes, 7% superior à semana de Natal de 2014, houve diminuição nos acidentes graves e no número de mortes.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Infelizmente estou aqui ainda, sendo taxado de otário! A cambada pode ta viajando, mas com o orçamento comprometido até o final do ano…pobre gosta de uma prestação! Nojo deste país, que infelizmente nasci. Faço a minha parte, acordo todo dia e procuro fazer o meu melhor, mas este sistema corrupto da política acaba com qualquer ação benéfica pra sociedade… Políticos deviam todos morrer, não fazem nada de bom pra sociedade, trabalham pra si mesmos e visam benéficos próprios! Sanguessugas da peãozada da sociedade! Burro quem coloca estes lixos lá! BRASILIXO DE OTÁRIOS!

  2. Avatar

    Com certeza, povo sem dinheiro como vai viajar! Ainda vão falar que a crise é benéfica para o Brasilixo!

    • Avatar

      Está mal informado. As estradas estão lotadas, hotéis também com reservas praticamente esgotadas. Quanto ao “Brasilixo”, infeliz de quem não tem coragem, preparo intelectual, recursos financeiros e domínio de idioma estrangeiro para sair do país quando quiser. Vai ter que ficar por aqui, pastando, para morrer remoendo seu co complexo de vira-latas. Mas, certamente, este não é seu caso, já está no exterior vivendo muito bem. Feliz 2016.

Untitled Document