terça-feira, 30 de novembro de 2021 - 00:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Cão ferido e vítima de maus tratos é resgatado em Volta Redonda

Cão ferido e vítima de maus tratos é resgatado em Volta Redonda

Matéria publicada em 12 de novembro de 2015, 20:09 horas

 


Dona do animal foi intimada e depôs na delegacia da cidade; ela será indiciada por maus tratos

 Maus tratos: Além de doente, o animal estava acorrentado em um pequeno espaço em um imóvel no Padre Josimo (Foto: Melissa Carísio)


Maus tratos: Além de doente, o animal estava acorrentado em um pequeno espaço em um imóvel no Padre Josimo (Foto: Melissa Carísio)

Volta Redonda – Um cachorro que estava sendo vítima de maus tratos em uma casa do bairro Padre Josimo foi resgatado esta semana. O resgate foi feito por populares, que não quiseram ser identificados, mas que estavam revoltados com a situação do animal. Segundo eles, o bicho era deixado acorrentado num espaço mínimo em frente ao imóvel, com pouca água e comida.

Como estava com um ferimento na orelha direita, que aparentemente se tratava de uma miíase – a popular bicheira, após ser recolhido do imóvel onde estava, foi imediatamente levado para ser avaliado por um veterinário e já está sendo tratado.
A dona foi intimada pela Polícia Civil e já prestou depoimento. De acordo com o delegado titular da 93ª DP (Volta Redonda), Eliezer Lourenço Costa, ela será indiciada por maus tratos aos animais, segundo a lei 9.605/98, em seu artigo 32 e sua pena pode chegar a um ano de prisão.
Ao DIÁRIO DO VALE vizinhos da casa onde o cachorro ficava disseram que ele sofria maus tratos e abusos por parte de um casal que morava no imóvel. Eles contaram que o animal nunca havia sido vacinado e que era alimentado uma vez por semana.
“Ele está com a orelha toda machucada, cheia de bichos. Ele chora de dor o dia inteiro. Às vezes caminha até com a cabeça um pouco torta. Acho que não a consegue levantar mais”, relatou uma vizinha.
Segundo os vizinhos, o cão circulava livremente pelo bairro e não recebia qualquer tipo de atenção. Quando alertada sobre o estado de saúde do animal, a dona simplesmente ignorava os avisos respondendo sempre: “Faça o que você achar melhor”.
A vizinha ainda lembrou que após falarem sobre a condição do cachorro, a mulher o acorrentou e não deu o devido cuidado a ele.
“Reclamamos para que cuidassem dele, não para que o prendessem. O espaço é muito pequeno e ele não consegue sair. Esta semana, por exemplo, ele tomou chuva todos os dias. Sua água e comida acabam e ninguém repõe”, criticou.
Há dois meses, o DIÁRIO DO VALE mostrou situação parecida no mesmo bairro, o Padre Josimo. Na época, moradores também chamaram a Polícia Civil que foi até o local e constatou que três cães estavam amarrados em correntes, sem água e comida. O proprietário foi levado até a 93ª DP e atuado em flagrante pelo delegado adjunto Rodolfo Atala, na lei de crime ambiental.
Ele assinou um termo circunstanciado e pagaria uma multa administrativa prevista de acordo com lei municipal.

Por Melissa Carísio
[email protected]


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Parabéns aos vizinhos!!!!! Fizeram uma grande caridade!!!

  2. essa mulher deve ser acorrentada tambem pra ve se e bom eu tenho tres cao numca coloquei corrente neles nao atimito isso eles sao seres vivos tem coraçao e carinho por nos sao melhores que serumanos

    • Verdade, concordo…
      Esta mulher deveria ser acorrentada também para ver se é bom. Tenho três cães, nunca coloquei corrente neles. Não admito isto.
      Eles são seres vivos, tem coração e carinho por nós.
      São melhores que seres humanos.
      MT bom o seu comentário…

  3. Parabéns a todos os envolvidos no resgate do animal. Parabéns a Polícia. Por mim, 1 ano de prisão ainda seria pouco. Pessoas assim não merecem viver em sociedade. Representam uma ameaça. Já vi casos de pessoas que após serem denunciadas por maus tratos a animais, logo em seguida cometeram outros crimes e agressão a outras pessoas. Parabéns repórter e equipe do diário do vale por cobrir este tipo de reportagem.

  4. Casos assim, tem todos os dias, casos piores onde o ser humano multila o órgão do animal, todos os tipos de mals tratos e graças a Deus nesse caso a polícia e a imprensa entraram, precisamos da polícia e da imprensa junto sempre, pra esse povo saber q animais tbm e vida …….Que São Francisco cuide desse peludo e q ele se recupere logo…..

  5. essa mulher no,minimo e louca.

  6. o animal ai caso e a mulher logico ne, tem que fazer a mesma coisa com ela.

  7. estas pessoas que fazem isto com os animais deveria ter o mesmo tratamento, porem em praça publica.

Untitled Document