quarta-feira, 16 de junho de 2021 - 14:41 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / CCR NovaDutra contabiliza mais de 400 romeiros a pé rumo à Aparecida

CCR NovaDutra contabiliza mais de 400 romeiros a pé rumo à Aparecida

Matéria publicada em 2 de outubro de 2017, 20:15 horas

 


Sul Fluminense/São Paulo – Durante o mês de setembro, a CCR NovaDutra contabilizou a passagem de 422 peregrinos em direção ao Santuário Nacional de Aparecida pela via Dutra. Neste período foi registrado um atropelamento com vítima fatal no acostamento na região de Aparecida. Com a expectativa de aumento de 43% no número de romeiros a pé pelos acostamentos no mês de outubro, em comparação ao mesmo período de 2016, em função da comemoração do Jubileu de 300 anos da aparição da imagem da Padroeira, a CCR NovaDutra reforça sua campanha de segurança, iniciada em 20 de setembro, com orientações aos grupos de romeiros e motoristas que trafegam pela via Dutra neste período, reforçando a orientação para utilizar a Rota da Luz SP, um caminho mais seguro para manifestações de fé.

Segundo dados registrados pela concessionária, em 2016, entre os dias 1º de setembro e 30 de outubro, 10.369 romeiros caminharam a pé pela rodovia, sendo 8.640 pessoas entre os dias 6 e 13 de outubro.

Para alertar sobre o perigo da prática de caminhada no acostamento, dados da concessionária revelam que, nos primeiros sete meses deste ano, foram registrados 558 acidentes relacionados à parada no acostamento, um aumento de 22% comparado ao mesmo período do ano de 2016. Os números ainda revelam que ocorreram 15 registros de atropelamentos no acostamento, entre os meses de janeiro e julho de 2017, aumento de 150%, comparado ao mesmo período de 2016, quando foram registrados seis atropelamentos.

Para reforçar esta orientação e contribuir para a preservação da vida, serão distribuídos 60 mil folhetos nas praças de pedágio da via Dutra para os motoristas sobre a presença de romarias no acostamento ao longo da rodovia. A campanha ganha reforço também na programação da CCRFM 107,5, com plantões ao vivo, dicas de segurança e informação dos pontos da rodovia com a presença de peregrinos a pé. Os painéis de mensagens variáveis (PMVs) e faixas refletivas afixadas ao longo da rodovia também fazem parte da orientação para os motoristas.

As equipes do SOS Usuário também abordarão os grupos de peregrinos, organizadores e carros de apoio na rodovia. Folhetos com orientações sobre a Rota da Luz SP e de como se comportar na rodovia serão distribuídos pelas equipes de inspeção da concessionária.

– Estamos intensificando ainda mais nossa Campanha de Segurança iniciada sempre em setembro para os romeiros. Este ano, nossa projeção é que aumente em 43% o número de peregrinos em relação ao ano de 2016, quando registramos a passagem de mais de 10 mil romeiros, em função da comemoração do Jubileu de 300 anos da aparição da imagem da padroeira. A concessionária não recomenda a realização desse tipo de manifestação em função do risco que representa e, além de passar as dicas de segurança, reforça aos peregrinos a orientação para utilizar a nova Rota da Luz SP. Nossa principal preocupação é com os pedestres que caminham no acostamento, muito próximos à faixa da direita, e nas travessias de trevos e acessos, onde o risco de atropelamentos é maior. Por isso, nas abordagens, nossos colaboradores buscam esclarecer os fiéis sobre como evitar as situações de risco – explica o gestor de Atendimento da CCR NovaDutra, Virgílio Leocádio.

A campanha de orientação aos romeiros e motoristas é realizada pela CCR NovaDutra com o apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres e da Polícia Rodoviária Federal.

Coleta de lixo na rodovia

Para facilitar o descarte correto de lixo na rodovia pelos romeiros, na última semana, a equipe de conservação viária da CCR NovaDutra instalou, entre as cidades de Caçapava e Lorena, o total de 69 lixeiras, sendo 47 delas na pista sentido Rio de Janeiro (entre o km 127 e o km 71), e 22 lixeiras na pista sentido São Paulo (entre o km 52 e o km 126). Em 2016, entre os dias 10 e 17 de outubro, a equipe de conservação coletou, entre as cidades de São José dos Campos e Lorena, mais de 8,5 toneladas de lixo às margens da rodovia, o correspondente a 10% da média mensal de lixo coletada nos 231 quilômetros do trecho paulista da via Dutra.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document