sexta-feira, 14 de maio de 2021 - 03:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / CCR NovaDutra ganha Prêmio Inovainfra com tecnologia aplicada na recuperação de pavimento de concreto

CCR NovaDutra ganha Prêmio Inovainfra com tecnologia aplicada na recuperação de pavimento de concreto

Matéria publicada em 11 de abril de 2021, 11:53 horas

 


Essa técnica somente é aplicada em locais onde o pavimento da via Dutra é de concreto de cimento Portland – Foto: Divulgação Nova Dutra.

Rio- A CCR NovaDutra recebeu de forma virtual no último dia 7, quarta-feira, o Prêmio Inovainfra 2021, pela aplicação de perfis de fibras de carbono (carbofit) na recuperação de placas de pavimento de concreto de cimento Portland fissuradas na Rodovia Presidente Dutra.

Além de agilizar a liberação da faixa de tráfego, o emprego da tecnologia traz benefícios para o meio ambiente. “O emprego do carbofit evita a demolição das placas de concreto de cimento na Rodovia, além de ser mais ágil, não geramos resíduos da construção civil, tornando a manutenção dos pavimentos uma técnica mais sustentável”, explica Valéria Faria, Gerente e Engenharia do Centro de Pesquisas Rodoviárias, na CCR NovaDutra.

A pesquisa foi realizada em 2018, no Centro de Pesquisas Rodoviárias (CPR), em Santa Isabel (SP), com recursos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e até o momento, 700 placas de concreto de cimento já receberam esta tecnologia.

Como funciona

O serviço consiste da aplicação de lâminas de fibras de carbono como reforço estrutural nas placas de concreto trincadas. A recuperação das placas com o sistema Carbofit, através da inserção da lâmina de fibras de carbono vai costurar a placa, fazendo com que ela volte a ser 1 ao invés de 2. Essa técnica somente é aplicada em locais onde o pavimento da via Dutra é de concreto de cimento Portland.

Atualmente, a técnica do Carbofit é aplicada no pavimento de concreto nos postos de pesagem veicular, nas praças de pedágio (cabines) e na pista marginal de Guarulhos, sentido Rio de Janeiro.

Fonte: Assessoria de Comunicação*.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document