Centro Cultural Fundação CSN terá programação Por Todas Nós em comemoração ao mês da mulher

by Agatha Amorim

Volta Redonda – Para celebrar o mês da mulher, o Centro Cultural Fundação CSN, em parceria com a Prefeitura de Volta Redonda e Governo do Estado do Rio, realizará eventos presenciais e online na programação Por Todas Nós, com objetivo refletir sobre o empoderamento feminino como um movimento transformador na sociedade e de garantia de direitos da mulher.

As atividades da programação trazem temas relacionados ao empreendedorismo da mulher preta, discussões sobre racismo e direito da mulher, além de webserie e rodas de conversa. Pela primeira vez o Centro Cultural sediará a Feira das Mina Preta, evento que reúne cultura, moda, artesanato e gastronômica e enriquece a sua programação com Oficina de fotografia, às 9h, com Camila Santos, e dança, às 13h30, com Janaína Silva, apresentação do grupo de dança afro Iya Mi Dunda, às 15h, e ainda Set DJ com Lúcia Nascimento.

“É extremamente importante dar voz a nós mulheres, principalmente as negras, que estão na base da pirâmide social, movimentando o país. O Coletivo Mina Preta se sente honrado em participar da programação Por Todas Nós e estar pela primeira vez, levando a Feira da Mina Preta para o Centro Cultural Fundação CSN”, comenta Renata Ferreira, Coordenadora do Coletivo Mina Preta e produtora da Feira das Mina Preta.

Como parte da programação, o Memorial Zumbi recebe no dia 17 de março o primeiro “Se Liga no Papo”, projeto que convida referências de bairros e territórios de atuação para compartilhar histórias de vida, como o racismo afeta a sua realidade e quais são as estratégias de organização social e política para superação e promoção da igualdade social.

Por Todas Nós também conta com Papo de Preta, roda de conversa presencial no Centro Cultural para discutir questões relacionadas às mulheres pretas como racismo, educação, cultura, saúde mental e trabalho, terá convidadas como Jorgina dos Santos, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Volta Redonda e Região Sul Fluminense e Eliege Domingos da Silva, advogada, Presidente da Comissão de Igualdade Racial e Tolerância Religiosa da OAB/VR.

“É muito importante estarmos ocupando novos espaços. O Centro Cultural deu oportunidade de levarmos projetos como o Papo de Preta, onde conversamos com outras mulheres negras que querem fazer o melhor pela nossa causa. São convidadas mulheres pretas do axé, da política, professoras, escritoras, artistas. Estamos honradas de participar”, completa Renata.

Por Todas Nós terá programação entre os dias 17 e 31 de março, com eventos presenciais e online, através do canal no Youtube do Centro Cultural Fundação CSN. Para mais informações sobre os eventos, acesse www.centroculturalfcsn.org.br  e confira. A programação Por Todas Nós é uma realização do Centro Cultural Fundação CSN em parceria com a Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres e Direitos Humanos, Prefeitura de Volta Redonda e Governo Estadual do Rio de Janeiro.

O Centro Cultural Fundação CSN, espaço de ações gratuitas e multidisciplinar localizado em Volta Redonda (RJ), voltado para a formação e a difusão da arte, educação e cultura, tem patrocínio máster da CSN e patrocínio da MRS e Grupo SOTREQ, por meio da Lei de Incentivo à Cultura. Realização da Fundação CSN com o Ministério do Turismo.

 

Confira a programação completa:

Se liga no papo com Célia Morais e Jorgina dos Santos

Data: 17/03, às 18h30

Local: Memorial Zumbi dos Palmares

Rua: R. Vinte e Três-A – Vila Santa Cecília

O “Se liga no Papo” convida Célia Morais – Yalorixá, Educadora Social e Palestrante e Jorgina dos Santos, Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Domésticos de Volta Redonda e Região Sul Fluminense para compartilharem suas histórias.

 

Papo de Preta – roda de conversa com Eliege Domingos da Silva, Jéssica Regina e Diana Mara de Freitas

Data: 18/03, às 19h

Local: Centro Cultural Fundação CSN

Rua: R. Vinte e Um, 402, Vila Santa Cecília

A primeira edição de 2022 do Papo de Preta conta com a presença de Eliege Domingos da Silva, Advogada Especialista em Direito Civil e Processual Civil, Camila Santos, Professora da Rede Estadual de Ensino, Jéssica Regina, Poeta, e Diana Mara de Freitas, Assistente Social e Mama Ndenge (Mãe Pequena). A mediação da conversa será feita por Renata Ferreira, CEO do Coletivo Mina Preta, Produtora Cultural e Animadora Cultural da SEEDUC – RJ.

 

Feira das Mina Preta

Data: 19/03, das 9h às 16h

Local: Centro Cultural Fundação CSN

Rua: R. Vinte e Um, 402, Vila Santa Cecília

A Feira das Mina Preta reúne, cultura, moda, acessórios, artesanato, música, gastronomia e empoderamento feminino. O projeto nasceu com intuito de reformular o trabalho do grupo Meninas de Lenço, valorizar o empreendedorismo da mulher preta e nesta edição falará sobre a importância do trabalho cultural da mulher.

 

Programação da Feira:

Oficina de fotografia com Camila Santos – 9h

Oficina de dança com Janaína Silva – 13h30

Apresentação de dança afro com Iya Mi Dunda – 15h

Set DJ com Lúcia Nascimento

 

Acervo da Rádio – Elza Soares

Data: 23/03, 19h

Disponível no canal do YouTube Centro Cultural Fundação CSN

Homenagem especial a Elza Soares, mulher de personalidade forte e ícone da música brasileira, conhecida pela sua voz rouca, produzida pela equipe do Centro Cultural Fundação CSN. Mariane Nascimento apresenta o álbum Elza Soares, lançado em 1973. Gravado pela Odeon Records, com produção musical de Lindolfo Gaya e arranjos de Laércio Freitas, Elza Soares contou com músicas como Aquarela Brasileira e composições de Cartola, Nelson Cavaquinho, Délcio Carvalho e Gisa Nogueira.

 

Semana de Arte Moderna – Mulheres na Arte

Data: 31/03, 19h

Disponível no canal do YouTube Centro Cultural Fundação CSN

Vídeo produzido pelo Centro Cultural Fundação CSN apresenta um retrato da mulher no passado. A mulher submetida a regras de como se vestir, que não podia sair sozinha, não tinha direito ao estudo, precisava da autorização do marido para trabalhar, não podia receber herança, ter guarda dos filhos, não tinha o direito reprodutivo sobre o seu próprio corpo e não podia votar. O reflexo deste contexto é a participação tímida de mulheres na Semana da Arte Moderna, realizada no ano de 1922.

 

You may also like

1 comment

Jorge Lucas 14 de março de 2022, 14:19h - 14:19

CSN, empresa pujante, de Volta Redonda, e que não investe apenas no seu maior patrimônio (os empregados), mas também na cultura de nosso país. Merece nossa consideração e prestígio.

Comments are closed.

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996