sábado, 27 de novembro de 2021 - 19:49 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Cerca de 300 pessoas participaram do pré-fórum do Plano Municipal de Educação

Cerca de 300 pessoas participaram do pré-fórum do Plano Municipal de Educação

Matéria publicada em 10 de agosto de 2015, 11:34 horas

 


site forum

Primeira etapa: Evento aconteceu no Colégio Getúlio Vargas, bairro Laranjal
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda – A Secretaria Municipal de Educação (SME) de Volta Redonda realizou no sábado o pré-fórum para a construção do Plano Municipal de Educação, onde ocorreu a discussão do documento base do Plano Nacional de Educação. O evento aconteceu no Colégio Getúlio Vargas, bairro Laranjal. Segundo a secretária municipal de Educação, Therezinha dos Santos Gonçalves Assumpção, a Tetê, o fórum recebeu cerca de 300 participantes.

– Neste primeiro encontro contamos com a participação de 300 delegados indicados pelas instituições educacionais e representantes dos vários segmentos da sociedade. Estes profissionais terão como tarefa discutir, analisar e aprovar as estratégias apresentadas no documento base do Plano Municipal de Educação (PME), podendo ainda, apresentar emendas ao conteúdo analisado – explicou Tetê.

Ainda de acordo com a secretária, o documento-base, elaborado pela comissão organizadora, recebeu muitas sugestões. “A sociedade participou e deu sua contribuição”, disse a secretária, ressaltando que os participantes foram distribuídos em salas organizadas por metas. “Para cada uma das 20 metas do Plano Nacional de Educação (PNE) é necessário que o município indique estratégias atendendo à realidade e prioridade local”, explicou.

Todas as fases da educação foram distribuídas nas salas do primeiro andar do Colégio Getúlio Vargas: Infantil, jovens e adultos, ensino médio, educação profissional e ensino superior. A chefe da educação especial, Elisabeth Melo, disse que em sua sala foi discutida a meta quatro do PNE que tem como ação universalizar, para a população de quatro a 17 anos, o atendimento escolar aos estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades ou superdotação na rede regular de ensino.

– Volta Redonda atende a 90% da demanda deste público nas escolas regulares e nas escolas especializadas e, com isso, está acima da expectativa de atendimento nacional e estadual, que é de 87% – disse Elisabeth, afirmando que todas as crianças e adolescentes que procuram atendimento na rede municipal de 4 a 17 anos são atendidos.

Já a implementadora da Educação Infantil, Isis Carvalho Alves, ressaltou que foram reservadas cinco salas para discutir as seis metas dirigidas à educação infantil. “Volta Redonda já atinge a meta nacional e atende a 92,1% na educação infantil”, afirma Isis, que é obrigatório por Lei que a criança de 4 a 5 anos esteja matriculada na escola. “Estamos olhando a realidade de nossa cidade, para se adequar ao plano Nacional de Educação e cada vez avançar mais”, confirmou.

As próximas etapas de discussão do Plano Municipal de Educação acontecem nos dias 21, 22 e 29 de agosto. No dia 21, os trabalhos, que fazem parte do 2º Fórum de Educação, serão realizados na Universidade Federal Fluminense (UFF), campus Aterrado, a partir das 18h30, onde ocorrerá a aprovação do regimento do Fórum. No dia 22, o encontro será a partir das 7h30, no Colégio Getúlio Vargas, com a discussão e aprovação das estratégias nos grupos de trabalho, revisão dos textos e encaminhamentos à coordenação executiva. No encerramento do Fórum, dia 29, na UFF, campus Aterrado, ocorrerá a aprovação do Plano, com várias plenárias na parte da manhã e na parte da tarde.

 

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document