domingo, 24 de março de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Chuva forte causa pontos de alagamento no Conforto

Chuva forte causa pontos de alagamento no Conforto

Matéria publicada em 22 de fevereiro de 2019, 20:21 horas

 


Volta Redonda – Uma forte chuva, seguida de ventos intensos, causou alguns pontos de alagamento em Volta Redonda, no início da noite desta sexta-feira (22). No bairro Conforto, os motoristas tiveram que esperar a água baixar para seguirem. A água invadiu a pista no sentido Barra Mansa-Volta Redonda, na altura do Colégio Themis.  Não houve registro de queda de árvores.

Por volta das 20 horas, a pista já estava liberada. Não houve registro de outros incidentes no município.

Conforto tem pontos de alagamento após forte chuva (foto: Pollyana Moura)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

4 comentários

  1. Avatar

    Ali em frente ao Themis é um problema crônico há anos. Basta uma chuva média e ja enche de água.
    Precisa um trabalho de engenharia ali. Mas não sei o porquê da prefeitura fazer nunca mexer com isso.

  2. Avatar

    Ir limpar os bueiros a PMVR não foi…
    Liberar is pontos de ônibus da Amaral Peixoto, pronto a mais de 30 dias, a PMVR não foi…
    Ainda bem que logo terá ELEIÇÃO para prefeito, e o lixo será removido da administração.

    • Avatar
      cada uma que aparece!

      Que isso meu irmão, nunca houve um prefeito tão bom para a cidade como têm agora, agora reclamar dos bueiros entupidos é fácil, porém quando vc joga papel, lixo nas ruas nem percebe que tá contribuindo justamente para que eles deixem de funcionar disso vc não reclama. O lixo precisa ser impedido de chegar as ruas e isso têm haver com comportamento e não com a administração pública. É fácil colocar a culpa na prefeitura de tudo comece vc a ter uma etiqueta melhor com a cidade.

    • Avatar

      Apareceu um “baba ovo” pra fazwe a defesa ferrenha de seu senhor. Provavelmente ele não nora na cidade e está num cargo comissionado levando uma “pratinha”, coisa comum nesta falta de administração.
      Ruas e buieiros imundos, árvores caidas nas ruas precisando de poda, iluminaçao pública, que pagamos direto na conta, deficitária com postes apagados, total insegurança e desrespeito com aqueles que pagam IPTU, IPVA e outros impostos para a construção da mansão daquele que se elegeu dizendo que não tinha bens e que era servidor público.
      Eleitores Otários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document