terça-feira, 12 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Cidades da região se mobilizam contra febre amarela

Cidades da região se mobilizam contra febre amarela

Matéria publicada em 15 de janeiro de 2018, 19:02 horas

 


Imunização: Moradores da área urbana também estão sendo vacinados nas mais de 48 unidades de saúde - Paulo Dimas

Imunização: Moradores da área urbana também estão sendo vacinados nas mais de 48 unidades de saúde – Paulo Dimas

Sul Fluminense

A exemplo de Volta Redonda, as cidades de da região também estão mobilizadas na luta contra a febre amarela. Em Barra Mansa, o bloqueio vacinal contra a doença segue a todo vapor. Mais de 600 moradores e viajantes que passaram pelo o Distrito de Nossa Senhora do Amparo, que faz divisa com Valença, foram imunizados ontem (15), no primeiro dia da ação de bloqueio vacinal. Além de Amparo, na zona rural, moradores da área urbana de Barra Mansa também estiveram nas mais 48 unidades de saúde que estão disponibilizando a vacina contra a febre amarela.
Na cidade, a medida tem como principal objetivo impedir que a febre amarela silvestre entre na zona urbana. Para isto, foi instalada uma base de bloqueio no início da RJ 153 – Rodovia Gecy Vieira Gonçalves, estrada que liga Amparo a Valença. A ação atingiu ainda fazendas e sítios de várias localidades de Amparo. Cinco equipes divididas em cinco carros com profissionais de saúde percorreram os locais mais afastados de Amparo para vacinar moradores que vivem em áreas consideradas isoladas. Durante toda a semana, agentes da Guarda Municipal estarão orientando os motoristas que passam pela via sobre a doença. Além dos distritos, a vacinação está sendo realizada em todas as unidades de saúde do município, entre 7 e 17 horas. Nas Sirenes da Boa Sorte, Vila Nova e 9 de Abril, o serviço acontece até às 20 horas. Para atender quem trabalha durante o dia a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) fará a vacinação de 17 horas até a meia noite.
A meta do município, segundo o secretário de Saúde, Sérgio Gomes, é imunizar 120 mil pessoas. Deste total, cerca de 1,3 mil são moradores de Nossa Senhora do Amparo. O município não tem nenhum caso registrado da doença e o objetivo é manter essa marca. ”Por isto, estamos intensificando a vacinação. É momento de alerta. A população precisa entender que a febre amarela é uma doença séria e mata e que o cenário no município e no estado do Rio pode mudar. Além de Valença, temos um caso registrado em Teresópolis”, alertou o secretário.

Quatis

Em Quatis, a imunização foi ampliada. A Secretaria Municipal de Saúde informou que a vacinação é realizada toda terça-feira, de 9 às 16 horas, na Casa da Criança, na Praça Getúlio Vargas 7, a praça da igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário, no Centro. A aplicação semanal do medicamento faz parte de um procedimento de rotina da secretaria, mas as autoridades médicas do Município já estão planejando ampliar a imunização a partir das próximas semanas.
Embora o trabalho de prevenção esteja sob controle na cidade, a imunização será ampliada. “O aparecimento de casos suspeitos no estado do Rio, incluindo a cidade de Valença, nos levou a planejar o reforço da vacinação em nosso Município, que por enquanto vem acontecendo às terças-feiras”, salientou a secretaria de Saúde, Ana Lucia Nogueira da Gama Galvão, ressaltando que a cidade dá acesso à Valença pela zona rural. “Estamos organizando a nova etapa de vacinação, e vamos divulgar todas as informações para a população”, concluiu a secretária. Em março do ano passado, Quatis foi incluído no cinturão de proteção contra a entrada do vírus transmissor da doença no estado do Rio de Janeiro em razão da proximidade da cidade com a Passa Vinte, cidade de Minas Gerais, estado onde na época havia sido registrado o maior número de casos da doença.

Pinheiral

Também visando o controle da doença, o Departamento de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Pinheiral informou ontem (15), que todos módulos do Programa de Saúde da Família (PSF) da cidade estão ministrando a vacina contra a febre amarela. A recomendação do prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, é para que seja intensificada a campanha da imunização no município. Para isso, todos os módulos de saúde de Pinheiral estão disponibilizando a vacina de segunda a sexta-feira, de 08 às 17 horas. “Todas as unidades de Saúde de Pinheiral estão ministrando a vacina, pedimos para que as pessoas procurem os PSF do seu bairro com o cartão de vacinação. Quem não tem o cartão, será feito na hora”, afirmou a Coordenadora do Programa de Imunização do Município e enfermeira, Marcia Ribeiro Abbado Silva.

Resende

Já em Resende a preocupação é com a proximidade com cidades onde já foram registrados casos do vírus. Desde o início do ano passado, todos os postos de Saúde da Família contam com estoques da vacina disponíveis para a população. Como forma de aumentar o alcance da campanha, a Secretaria Municipal de Saúde determinou também o aumento dos horários de vacinação contra Febre Amarela no Posto de Imunização da Praça Oliveira Botelho, no Centro, para das 7h30 às 19h. O Governo do Estado distribuiu para Resende 67.350 doses. Desde volume, 39.105 já foram aplicadas. “O município está em alerta, bem como outras cidades da região, para surto de febre amarela. Embora Resende faça parte do Cenário 1 (nível de ativação zero), desenvolvemos um Plano de Intensificação da vacina, essencial para a prevenção. Uma dose é suficiente para uma proteção total e duradoura”, explicou o coordenador do Centro de Controle de Zoonoses de Resende, Rodrigo Campos.

Porto Real

Em Porto Real, desde a última semana, a procura pela vacina aumentou significativamente. Uma média entre 70 a 100 pessoas por dia foi vacinada. Nenhum caso da doença até a data de hoje foi registrado no município. Os locais de vacinação são no Central de Vacinas, às 3ª, 4ª, 5ª e 6ª feiras das 13h às 17h, na Policlínico do Fátima, às 2ª feira das 9h às 15h, no USF Jardim das Acácias, às 3ª feira das 7h às 13h; 5ª feira das 12h às 17h, na USF Bulhões, às 2ª feira das 8h às 14h e na USF Freitas Soares, às 3ª feira das 12h às 17h.

Itatiaia

Em Itatiaia, a imunização acontece mediante o agendamento e está sendo realizada em nove Unidades de Saúde da cidade. Diferente de outras cidades do país, em Itatiaia a vacina não está sendo fracionada, uma vez que ainda existem doses suficientes que garantem a vacinação dos moradores que procurarem o setor de Imunização. A imunização acontece em nove postos. São eles: Policlínica Municipal, Unidades de Estratégia de Saúde da Família da Vila Esperança, Vila Magnólia, Vila Flórida, Penedo, Campo Alegre I / II, Maromba e UBS Marechal Jardim. Para fazer o agendamento e receber a dose da vacina é necessária a apresentação de um documento de identificação com foto e comprovante de residência.

Doença

A febre amarela silvestre é transmitida pelos mosquitos das espécies Haemagogus e Sabethes, que estão presentes nas matas e beiras dos rios. A doença é classificada, segundo seus sintomas:
Febre amarela aguda – ocorre logo no início da infecção. Os principais sintomas são febre, dores, tontura, náuseas e vômitos. Trata-se do estágio inicial da doença, que dura poucos dias.
Febre amarela tóxica – Depois de ter passado pela febre amarela aguda, uma pequena porcentagem das pessoas infectadas desenvolvem a febre amarela tóxica, tipo que põe a vida do paciente em risco. Essa fase dá o nome a doença, pois é caracterizada pela coloração amarela da pele, falência renal e sangramentos.
A febre amarela silvestre é causada por um vírus da família Flavivírus, pertencentes à espécie Haemagogus janthinomys e o Haemamogus leucocelaenus. O período de incubação do vírus é de três a sete dias após a picada.
A transmissão se dá pela picada do mosquito fêmea infectado. O vírus pode infectar seres humanos e alguns primatas (macacos), além de várias espécies de mosquitos. A transmissão ocorre vida macaco-mosquito-pessoa ou pessoa-mosquito-macaco. Quando um mosquito pica o ser humano, o vírus entra na corrente sanguínea e circula e se estabelece nas glândulas salivares.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. Avatar
    Vai se informar vai vendo

    Vacina está tendo desde sempre ,é só ir no Jardim Paraíba às quartas.
    Campanha o ano passado teve , mas o pessoal não foi vacinar , fomos eu e toda a família na Vila Mury , ano passado.
    Agora o pessoal brinca com fogo…

  2. Avatar

    Abrir a vacinação aos sábados!!!

  3. Avatar

    A exemplo de volta redonda….
    Não né pois vieram muitas pessoas de lá para vacinar em amparo porque não estavam achando a vacina nos postos de volta redonda.
    Obrigada a toda a equipe que trabslha no posto de amparo e aos que vieram dar uma força.
    Fui muito bem tratado lá. Mesmo não redidindo no local.

    • Avatar

      *trabalha
      *residindo no local.

    • Avatar
      Smilodon Tacinus - O Emir Cicutiano

      Amparo é vizinha de Valença, logo iniciou a vacinação antes, por motivos óbvios, mas a vacinação em Barra Mansa como um todo é restrita…

      Fato é que VR foi a primeira cidade (e por enquanto a única) a antecipar uma vacinação em massa, mesmo sem fazer divisa com as áreas infestadas… O Samuca, nos últimos meses, está conseguindo enfim acabar com a má impressão deixada no início de seu mandato. É o prefeito que mais está mostrando trabalho em todo o Sul Fluminense…

    • Avatar

      Smilodon Tacinus – O Emir Cicutiano

      Puxava saco do Neto e agora do Samuca. Todo puxa saco acredita fielmente. E o arake da Arábia acreditou cegamente que o Samuca ANTECIPOU a vacinação. Pobre inocente como os outros analfabetos políticos que não leem o DV.

      O Samuca errou em fazer a programação para o carnaval e não viu que o Estado de SP já está vacinando o povo a rodo há mais de 01 ano, o mesmo em MG já há meses. Agora causa pânico nas pessoas e ainda não satisfeito coloca todo o efetivo agentes de saúde para “se virarem nos trinta”. Uma agente de saúde do bairro que resido estava desde 07h da manhã aplicando a vacina e teve de sair para a rua para ao menos sentar no meio-fio e tomar uma água.

      VAI VENDO aí o que dá votar em candidatos que NÃO CONHECEM a Administração Pública e NÃO ENTENDEM de Gestão Pública.

      O Samuca está enganando mais uma vez os seus eleitores, inclusive Vc que mesmo leitor assíduo aqui engoliu essa, imagine o povinho que está recebendo informações de outros povinhos pelas redes sociais?

Untitled Document