domingo, 15 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Corpus Christi será celebrado na região

Corpus Christi será celebrado na região

Matéria publicada em 26 de maio de 2016, 06:00 horas

 


Feriado católico contará com missas, procissões e a confecção dos tradicionais tapetes pelas ruas

Sul Fluminense – O feriado católico de Corpus Christi, celebrado nesta quinta-feira (26) será lembrado nas paróquias da diocese de Barra do Piraí – Volta Redonda com missas, procissões e confecções dos tradicionais tapetes próximos às igrejas ao longo do dia. Em Arrozal, distrito de Piraí, o padre Edimar Alves Gonçalves realizará missa às 10h na Sede da Banda de Música Santa Cecília Arrozalense, na Rua Professora Amália Pereira Guimarães. Logo após, os fiéis seguem em procissão até a Igreja São João Batista. A confecção do tapete a base de sal, serragem, flores, entre outros materiais, foi realizado na noite de quarta-feira (25) com a participação do grupo de juventude da igreja, pastorais e demais membros da comunidade. Neste ano, os tapetes foram montados em frente à igreja e também próximo à sede da banda.

Em Volta Redonda, a missa será realizada às 16h na Paróquia Nossa Senhora das Graças, no Aterrado, e será presidida pelo bispo diocesano, Dom Francisco Biasin. Em seguida, os fiéis sairão em procissão até o bairro Niterói, onde acontecerá a Bênção Solene do Santíssimo Sacramento, na Paróquia Santo Antônio (Niterói – VR).
– Nós estamos pedindo para as pessoas levarem o livro de canto ‘Cantando a Esperança’ e a doação de um quilo de alimento não perecível, leite em pó ou pacote de fralda geriátrica que serão doados para instituições filantrópicas – disse Tânia Cristina de Moraes, integrante da organização do evento.
Em Barra Mansa, na Matriz de São Sebastião haverá missa às 7h e adoração ao Santíssimo até as 13h. Às 15h será realizada missa solene, seguida de procissão pelas ruas da cidade. Em Saudade, na Igreja Santo Antônio, haverá missa solene às 19h, seguida de procissão pelas ruas do bairro. Durante todo o dia as comunidades vão trabalhar na confecção dos tapetes.
Na cidade de Barra do Piraí, a missa será às 16h na Igreja São Benedito, no centro. Logo depois, os fiéis sairão em procissão até a Catedral de Santana.
Em Resende, na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, haverá missa com procissão, às 8h. A programação de Corpus Christi conta ainda com missa às 15h na Comunidade Sagrado Coração de Jesus e posteriormente procissão para a Comunidade Nossa Senhora da Paz.

Padre explica tradição de Corpus Christi

A celebração de Corpus Christi na religião católica significa o “corpo de Cristo”, que tem por objetivo celebrar a eucaristia, o sacramento do corpo e sangue de Jesus. A tradição está relacionada à quinta-feira santa, quando Cristo se sentou a mesa junto aos discípulos e celebrou a última ceia, doando a vida ao seu semelhante. De acordo com o padre Juarez Sampaio da paróquia de Barra do Piraí, a tradição foi iniciada no século XIII na Bélgica e em 1264 foi estendida para toda a igreja.
– A tradição começou no século XIII na Bélgica, mas se tornou uma festa para toda a igreja pelo Papa Urbano IV que a estendeu para outros lugares – falou.
O padre destacou a importância de celebrar a eucaristia, pois segundo ele, no mundo há muita fome, não só de alimentos, mas de amor ao próximo, de saúde e esperança. Ainda de acordo com o religioso, os cristãos que comungam com Cristo devem alimentar o próximo lhe oferecendo ajuda.
– O cristão que comunga com a hóstia, que simboliza o corpo de Cristo, deve se comprometer que toda fome espiritual, de amor, saúde, entre outros sentimentos e necessidades sejam sanadas. Com pequenas ações cotidianas de ajuda, nós conseguiremos diminuir as aflições que estão dominando o mundo – disse, acrescentando que jamais pode ser esquecido o sacrifício de Jesus pela humanidade.
– Jesus deu à vida por nós e Deus no primeiro testamento alimentou o povo com maná, um alimento que os sustentou na travessia do deserto, além disso, não podemos deixar de reconhecer o sacrifício que nossos pais fizeram e fazem pelos filhos, se doando a cada dia, passando por dificuldades para favorecer o filho que necessita – comentou o padre.

Tradição dos tapetes

A tradição dos tapetes, de acordo com o padre Juarez, começou em Portugal e foi trazida pelos portugueses para o Brasil. Estender um tapete significa acolher um hospede importante, segundo ele.
– Os tapetes significam acolhimento a um hospede importante é uma forma de recepcionar Jesus, confeccionando o objeto com figuras relacionadas à festa de Corpus Christi, essa ação representa Jesus sacramentado na eucaristia – finalizou Juarez.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document