terça-feira, 26 de outubro de 2021 - 21:27 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Curso Superior: Jogos Digitais é novidade no UBM

Curso Superior: Jogos Digitais é novidade no UBM

Matéria publicada em 15 de dezembro de 2016, 13:32 horas

 


Jogos Digitais: Coordenador do curso, Ronaldo Alves de Abreu, dirigiu um workshop sobre o tema no Campus Cicuta, na última quarta-feira (Foto: Divulgação/UBM)

Jogos Digitais: Coordenador do curso, Ronaldo Alves de Abreu, dirigiu um workshop sobre o tema no Campus Cicuta, na última quarta-feira (Foto: Divulgação/UBM)

Barra Mansa – Com duração de seis semestres, o Curso Superior de Tecnologia em Jogos Digitais é uma das opções para quem quer obter o diploma superior. E para apresentar um pouco a nova graduação tecnológica, na noite da última quarta-feira (14), o coordenador do curso, Ronaldo Alves de Abreu, dirigiu o workshop “Desenvolvendo Jogos Digitais”, no Campus Cicuta, onde as aulas serão ministradas.
O curso tem como objetivo dar ao aluno a capacidade de empreender no mundo dos jogos digitais. De acordo com o professor Ronaldo, o graduando terá uma formação teórica e prática, com foco na produção digital.

O curso tem cerca de 38% de carga prática, em laboratórios de informática e em laboratório de criação conceitual.

– Os estudantes efetuarão atividades para a área de programação e desenvolvimento de artes gráficas, elementos sonoros e animações digitais para jogos, além de projeto documental e enredos do jogo, teste de jogos e projeto de jogos acabados – contou.

A formação é voltada para o projeto de jogos digitais com foco em celulares de plataforma Android.

– Para você criar um jogo para celular, não é necessário ter o aparelho. Dentro do computador, nós temos programas que são chamados de emuladores e simulam uma máquina de celular – explicou o coordenador, acrescentando que a plataforma Android é uma das mais utilizadas no uso de internet do planeta. “Queremos focar nessa plataforma, porque dá um resultado mais rápido”, completou.

Além da programação do jogo, o aluno vai aprender o processo de criação de personagens e narrativas de história. O profissional também estará apto a elaborar artes gráficas digitais e multimídia – necessárias para o desenvolvimento de um jogo digital. O curso é criado com o propósito de buscar entusiastas com vontade de criar seus próprios jogos como, por exemplo, profissionais de TI (Tecnologia da Informação).

O coordenador explicou que para os alunos que tenham feito Sistema da Informação e Engenharia da Computação, por exemplo, e que tiver interesse no curso, vai haver um aprofundamento maior e mais focado no que diz respeito à produção de jogos.

– O curso de SI não tem na grade a disciplina regular para jogos. Existe uma disciplina optativa mais para o final do curso, mas o que é ensinado nessa disciplina é aprendido no primeiro semestre do curso de Jogos Digitais – apontou Ronaldo.

As inscrições para o processo de seleção podem ser feitas através do site (www.ubm.br/vestibular2017.1). No site do UBM também há mais informações sobre o curso.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document