segunda-feira, 24 de junho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Defesa Civil orienta morador após deslizamento de encosta em BM

Defesa Civil orienta morador após deslizamento de encosta em BM

Matéria publicada em 22 de maio de 2019, 19:24 horas

 


 

Terreno ao lado da casa preocupa morador no Ano Bom (Foto: Pollyanna Moura )

Barra Mansa – Moradores de Barra Mansa ainda têm sofrido com transtornos da chuva do último fim de semana. Alguns bairros foram atingidos pela enchente devido aos transbordamentos de três rios que cortam a região, e quem mora próximo às encostas, está em alerta. É o caso de José Alves Costa, que mora na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Ano Bom, próximo ao Areal Vale do Paraíba.

De acordo com o morador ele fez um pedido à Defesa Civil para vistoriar o terreno baldio do lado da sua casa, onde parte da vegetação e do barro cedeu e atingiu a sua residência. José disse ainda que pediu ajuda do órgão para localizar o dono do terreno.

– Quanto à minha casa, está tudo bem. Mas a situação do terreno do vizinho nos preocupa porque a terra cedeu. Chegou a atingir parte da casa e já cheguei a tirar dois caminhões de terra há algumas semanas. Gostaríamos de pedir ajuda da prefeitura para que comunicasse o dono do terreno sobre esta situação. Para que viesse aqui e realizasse um serviço de limpeza e tirasse o excesso de terra – disse.

Ainda de acordo com o morador, a chance de acontecer um acidente é grande. “Quando chove, a situação piora. Pode acontecer um acidente, aqui. Além de essa terra invadir a casa, o que é grave, pode chegar até a avenida e causar mais estragos”, comentou.

Deslizamentos não oferecem riscos aos imóveis, diz Defesa Civil

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que a Defesa Civil realizou uma vistoria no terreno e, na ocasião constatou que os deslizamentos ocorridos não oferecem riscos aos imóveis localizados nas proximidades da área. Ainda de acordo com a nota, um boletim de ocorrência foi efetuado e encaminhado para a secretaria de Planejamento Urbano com a finalidade de identificar o proprietário do terreno e notificá-lo a realizar a limpeza da área, a retirada da lama acumulada na via pública e se for o caso, a contenção da encosta.

Situação do asfalto é alvo de reclamação (Foto: Pollyanna Moura)

Moradora reclama de asfalto da Av. Presidente Kennedy

Na mesma avenida, outra situação que tem causado desconforto aos moradores e motoristas que precisam passar pelo local, é a condição do asfalto, que segundo os moradores, está bem castigado. De acordo com Raíla Souza, moradora da Avenida Presidente Kennedy, a pavimentação e a melhoria das condições do asfalto são necessárias.

– Se arrumarem, vai ser melhor pela questão do tráfego. Acredito que outra coisa que vai melhorar, é a questão dos acidentes, que devem diminuir. Se sinalizassem seria melhor ainda, porque a acessibilidade é um pouco precária, aqui. Se durante a melhoria do asfalto, colocassem mais faixas de pedestres, nos ajudariam muito – comentou a moradora, na expectativa de que o projeto saia do papel.

Obras de restauração estão em processo de licitação

Em nota, a assessoria de imprensa da prefeitura informou que encontra-se em fase de licitação o processo para escolha da empresa que realizará as obras de restauração e pavimentação asfáltica da Avenida Presidente Kennedy. A nota informou ainda que “o valor do serviço passará dos R$ 5 milhões, sendo R$ 1,3 milhão referentes de recursos próprios e o restante oriundo de convênio firmado com o Governo Federal. A previsão é de que as propostas sejam abertas até o dia 15 de junho. Após a análise, a empresa vencedora terá de se comprometer em realizar os serviços no prazo de até dez meses”, finalizou a nota.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Encosta de morros é lugar de árvores, não de residências ou moradias ou barracos.

    Veja essa casa, praticamente debaixo do morro, e o morador ainda diz que não se preocupa. Ele acha que o muro de arrimo atrás segurará a terra solta.

    Dias atrás a vice-prefeita visitou alguns bairros e orientou os moradores em área de risco a procurarem um CRAS. Disse aqui na época que muitos moradores NEM SABEM dos riscos. O morador dessa casa é um deles.

    • Avatar

      Verdade e ainda quer que o vizinho tire a terra que está no terreno do vizinho o que contribuirá ainda mais para a encosta descer, sequer têm noção do tamanho do morro atrás de sua casa e da pressão que é exercida por ele, remover a terra ali só vai aumentar a energia potencial e no futuro tudo aqui ali vai descer, pois não há sequer uma árvore para poder conter a terra que continuará a descer da encosta.

    • Avatar

      Nem considerei a retirada da terra do lado do vizinho. Se o vizinho fizer o que ele recomenda, então pode sair do local se não quiser ser soterrado, ele e todo o seu investimento junto.

Untitled Document