domingo, 21 de abril de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Descarte irregular de lixo e entulhos vai gerar multa

Descarte irregular de lixo e entulhos vai gerar multa

Matéria publicada em 14 de janeiro de 2019, 19:15 horas

 


Resende – O descarte incorreto de lixo e entulho em locais públicos é um problema que afeta severamente o município. Com isso, a Prefeitura de Resende instituiu uma lei municipal, que prevê multa ao morador ou empresa que for flagrada jogando materiais nas ruas de Resende. Desde 1º de janeiro deste ano, a lei passou a valer com o objetivo de reduzir o acúmulo de resíduos nas vias, que acaba causando a proliferação de vetores, mau cheiro e muita vezes impedindo a circulação de pessoas.

De acordo com o secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Vitor Sampaio, os infratores da lei serão inicialmente penalizados com advertência escrita e, posteriormente, em caso de reincidência, com punições progressivas, de acordo com a infração cometida.

– A lei funcionará da seguinte maneira: no caso de pessoa física, com uma Unidade Fiscal do Município (UFM), no valor de R$ 113,84, a cada infração cometida no caso do descarte de lixo; duas UFMs a cada infração cometida, no descarte de entulho; e em caso de reincidência, a multa será cobrada em dobro, respeitada a infração prevista. Em caso de pessoa jurídica, serão aplicadas duas UFMs para o descarte de lixo; quatro UFMs no caso de descarte de entulho; e nas reincidências, a multa será dobrada. – explica o secretário.

O secretário destaca ainda que a lei se fez necessária pelo número alto de resíduos que as equipes da Prefeitura retiram diariamente nas ruas. Mensalmente, o município recolhe mais de mil toneladas de materiais descartados de maneira irregular em todos os bairros da cidade.

– É muito importante que as pessoas saibam que embora o serviço não seja responsabilidade da Prefeitura, agora vamos intensificar e ampliar os trabalhos. O maior problema é que o município recolhe os resíduos, e no dia seguinte, outros descartes são feitos no mesmo local. A administração municipal vai receber em aproximadamente 60 dias, mais dez veículos, sendo que seis deles serão utilizados exclusivamente no recolhimento destes resíduos. Nosso principal objetivo é cuidar da cidade, livrando a população de animais peçonhentos, vetores e doenças. – conta o secretário.

Em breve, com a chegada dos novos caminhões e máquinas, a prefeitura irá disponibilizar em seus canais de comunicação, um cronograma para os moradores descartarem seus materiais, com data, horário e local. Vale lembrar que, atualmente, o morador interessado em realizar o descarte correto de entulho e lixo verde, pode recorrer ao Aterro Verde, localizado próximo a ArcelorMittal, antiga Votorantim. Lá, os resíduos que antes seriam deixados nas ruas, calçadas e nas águas do Rio Paraíba do Sul são destinados de maneira correta aos devidos fins.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document