quinta-feira, 17 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Detran troca empresa terceirizada e espera normalizar atendimentos

Detran troca empresa terceirizada e espera normalizar atendimentos

Matéria publicada em 6 de novembro de 2017, 22:45 horas

 


Paralisação: Expectativa é que a mudança possa normalizar os atendimentos, que estão comprometidos desde o início de outubro (Foto: Arquivo)

Paralisação: Expectativa é que a mudança possa normalizar os atendimentos, que estão comprometidos desde o início de outubro (Foto: Arquivo)

Rio e Volta Redonda – O Detran informou nesta segunda-feira (6) que a partir desta terça-feira, dia 7, uma nova empresa assumirá os serviços de Habilitação do departamento, após a saída da Prol, efetuada no último dia 4, sábado. A expectativa é que a mudança possa normalizar os atendimentos, que estão comprometidos desde o início de outubro, após funcionários da Prol deflagrarem greve por conta do atraso de salários.

Além disso, o órgão esclareceu que na próxima segunda-feira, dia 13, a nova empresa assumirá os serviços da Diretoria de Veículos, também após a saída da Prol, que ocorrerá no próximo dia 11. Com as novas contratações, na sequência, haverá a efetiva normalização dos serviços.

O DIÁRIO DO VALE entrou em contato com o Detran/RJ, que através de sua assessoria de imprensa, divulgou que a empresa Prol, responsável pela contratação dos funcionários terceirizados, continua impedida judicialmente de receber do Estado.

Prazos são ampliados

Para minimizar os impactos da paralisação, o Detran ampliou os prazos de vistoria dos automóveis com placas com finais 8 e 9. Os veículos com placa terminada em 8 poderão ser submetidos à inspeção anual obrigatória até o dia 30 de novembro e os com final 9, até 31 de dezembro.

Aliada a esta decisão, o órgão vai manter o Detran Presente, ação itinerante que leva os serviços a diversas localidades do estado. Duas delas ocorreram em Volta Redonda. A última no final de outubro, onde foram atendidas cerca de mil pessoas.

Nos mutirões são destinados a diversos atendimentos como emissão da primeira e a segunda via da carteira de identidade, renovação da Carteira Nacional de Habilitação. Ainda é possível fazer a vistoria anual dos veículos, emitir o licenciamento anual sem vistoria e abrir recursos contra multas e processo de suspensão.

Desde o início das paralisações, foram realizadas nove edições do Detran Presente – três na capital (todas no posto da Francisco Bicalho) e outras seis no interior (Resende, Barra Mansa, Três Rios, Volta Redonda e Nova Friburgo). No início deste mês as ações se concentram na Capital e Baixada Fluminense.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    A vistoria anual agora passou para carros com mais de 5 anos de uso. Melhorou. Mas não é o ideal. Nos demais Estados, só tem vistoria em caso de Transferência de Propriedade, ou carro zero. Você recebe o IPVA em casa, paga, 30 dias depois recebe o documento pelo correio.

  2. Avatar

    QUEM PAGARÁ OS SALÁRIOS ATRASADOS E AS RESCISÕES DE TRABALHO DOS QUE FORAM DEMITIDOS?
    O DETRAN É RESPONSÁVEL PELA FISCALIZAÇÃO DAS EMPRESAS QUE ELE CONTRATA, PORTANTO, RESPONSÁVEL, SOLIDARIAMENTE, AOS PAGAMENTOS DEVIDOS.
    APOSTO QUE A NOVA EMPRESA TAMBÉM É FACHADA, POIS APENAS MUDARAM DE NOME E ENDEREÇO, MAS OS DONOS SÃO OS MESMOS. O TEMPO TRARÁ A VERDADE.
    ESTADO DO RIO, UMA VERGONHA NACIONAL!!!

  3. Avatar
    carlos roberto da silva

    Só mudou quem bate,,,o chicote é o mesmo.Se é que me entendem.

  4. Avatar
    Saulo da Prefeitura

    Tem que acabar com essa palhaçada de vistoria anual!

    Enquanto existir essa palhaçada, emplaco meu carro em Minas Gerais.

    #VISTORIANUNCAMAIS

  5. Avatar

    Ate que em fim…..

Untitled Document