Dia da Mães: Lojistas de Barra Mansa apostam na data para recuperar vendas - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 13:19 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dia da Mães: Lojistas de Barra Mansa apostam na data para recuperar vendas

Dia da Mães: Lojistas de Barra Mansa apostam na data para recuperar vendas

Matéria publicada em 5 de maio de 2018, 16:00 horas

 


Data é a melhor para o varejo, depois do Natal, e representantes de entidades empresariais estão otimistas

Barra Mansa – As próximas duas semanas prometem ser de bons negócios para o comércio varejista e prestadores de serviços. Com a chegada do mês de maio, quando é comemorado o Dia das Mães (13), a expectativa de entidades empresariais e lojistas é que data siga a tendência de recuperação das vendas no setor, ainda que muitos consumidores mantenham cautela na hora de ir as compras. De acordo com o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), Xisto Neto, se comparado com os últimos dois anos, quando o país viveu uma grave recessão, as vendas para esse Dia das Mães devem crescer em até 5%,
Segundo o presidente, os empresários estão mais animados em relação às vendas de uma forma geral, no primeiro semestre de 2018 e por isso acreditam em um desempenho melhor para o setor. “Isso tem a ver com a melhora na situação macroeconômica, com o desemprego que tem diminuído aos poucos, a inflação que está baixa e os juros também. Assim, a melhora na economia tem sido gradativa. Todos esses fatores levam às boas expectativas dos comerciantes e criam um ambiente favorável à volta do consumidor às lojas em datas principalmente como essas”, ressalta Xisto.
Para ele, investir em promoções e liquidações será a melhor saída para os lojistas atraírem os clientes, principalmente os setores que trabalham com produtos que fogem de opções de presentes para o Dia das Mães. Com o objetivo de envolver o consumidor e toda a população no clima para as homenagens às mães, a CDL terá uma campanha como o tema: “Mãe, um Amor Sempre Presente” e que se estenderá também para o comércio dos bairros que, de acordo com o presidente, tem total condições de atender aos consumidores em datas como essa.
“Essa é a campanha promocional que a CDL realiza para fomentar as vendas na cidade, incluindo o comércio da área central e dos bairros. O comércio de bairro tem se fortalecido cada vez mais, com ações intensas de fidelização ao cliente e, agora, com as redes sociais, também aumentando sua divulgação e atraindo consumidores de outras localidades”, observou Xisto, ao informar que hoje a CDL conta com cerca de mil associados do comércio varejista e prestação de serviço, em toda a cidade.
Presidente do Sicomércio (Sindicato do Comércio Varejista), o empresário Alberto Pinto é ainda mais otimista e espera um aumento de até 10% nas vendas dos setores de vestuário, calçados, perfumaria, joalherias, entre outros que ofereçam opções de presentes para as mães. Segundo ele, todo o comércio da cidade está aguardando por essa data, a segunda melhor depois do Natal, uma vez que ela servirá de termômetro para os próximos meses de 2018.
“Estamos otimistas e esperando que esse Dia das Mães seja bem melhor do que nos últimos dois anos. A economia está dando sinais de melhora, isso não há dúvidas, e acredito que muitos lojistas vão voltar a sorrir e ficar satisfeitos com um aumento significativo das vendas”, comentou o presidente, ao ressaltar que estabelecimentos como restaurantes e supermercados também serão beneficiados com a data comemorativa.

Expectativa: Comerciantes estão animados com possibilidade de crescimento nas vendas (Foto: Arquivo)

Comércio informal

Além das lojas do comércio, quem também terá oportunidade de fazer bons negócios, em função do Dia das Mães, são as artesãs do município. Nos dia 10, 11 e 12 de maio a Secretaria de Desenvolvimento Econômico promoverá mais uma feira especial Dia das Mães, que acontecerá na praça da Matriz, no Centro. O evento envolverá cerca de 70 expositoras com produtos e opções variadas de presentes, sendo a grande maioria produzida a mão.
O evento vai acontecer das 8h30min às 18h30min e, de acordo a gerente de Turismo da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação, Bella Santos, está sendo muito esperado pelas artesãs. “Elas estão se preparando para essa data, que é uma das mais rentáveis, depois do Natal, e muitas estão produzindo para o Dia das Mães desde janeiro. Teremos novas empreendedoras e muita coisa bonita e de qualidade para encantar os consumidores”, afirmou Bella, ao acrescentar que o evento trata-se de uma feira de economia criativa.

 

 

 

Por Roze Martins

(Especial para o DIÁRIO DO VALE)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document