>
sábado, 13 de agosto de 2022 - 15:10 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dia de Luta Contra Aids terá campanha educativa em Resende

Dia de Luta Contra Aids terá campanha educativa em Resende

Matéria publicada em 30 de novembro de 2016, 16:14 horas

 


campanha-dst-carnaval-foto-marcio-fabian-15

Conscientização: Secretaria de Saúde vai distribuir folhetos informativos no Calçadão de Campos Elíseos
(Foto: Divulgação)

Resende- O Serviço de Atenção Especializada (SAE) DST/HIV/Hepatites Virais, vinculado à Secretaria de Saúde, realiza nesta quinta-feira (1º), das 10 às 16 horas, no Calçadão de Campos Elíseos, uma ação educativa e preventiva que marcará o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. Haverá distribuição de preservativos e folders informativos.
– O HIV ainda não tem cura e o tratamento não é tão simples como parece. Os novos medicamentos melhoraram muito as condições de vida dos portadores do vírus, mas a doença enfraquece a pessoa, pois o HIV destrói as defesas naturais do organismo, deixando-o mais suscetível a doenças como pneumonia e tuberculose – explica a coordenadora do SAE, Paula Carolina Peixoto.
A aids é transmitida por meio de relações sexuais sem preservativos, pelo compartilhamento de seringas contaminadas e de mãe para filho durante a gestação e amamentação. Há muitos soropositivos que não apresentam sintomas da doença, mas podem contaminar outras pessoas. Por isso, a coordenadora destaca que o diagnóstico precoce da doença é fundamental, até para aumentar a eficácia do tratamento.
Em Resende, o serviço realiza testes rápidos que detectam os anticorpos contra o HIV em até 30 minutos com a coleta de uma gota de sangue da ponta do dedo. Para fazer o teste, não é necessário ter encaminhamento ou solicitação médica, basta comparecer ao Serviço de Atenção Especializada, que fica no Posto Resende, no Centro Histórico, antigo Posto do Estado, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.
O SAE atende crianças e adultos com DST/HIV/Hepatites virais individualmente ou em grupos. A equipe é formada por assistente social, psicólogo, técnico de enfermagem, enfermeiro e médicos (pediatra, infectologista, clínico geral e hepatologista), oferecendo aconselhamento e solicitação de testes, ações educativas para a prevenção de DSTs, entre outras.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document