quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 06:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dia do Idoso reúne cultura e arte na Academia da Vida, em Volta Redonda

Dia do Idoso reúne cultura e arte na Academia da Vida, em Volta Redonda

Matéria publicada em 5 de outubro de 2016, 12:54 horas

 


dia-do-idoso-vr

Alegria e arte: Evento permitiu que idosos mostrassem o trabalho desenvolvido pela escola da Terceira Idade
(Foto: Divulgação/PMVR)

Volta Redonda- Cerca de 200 alunos da Academia da Vida Oscar Cardoso participaram das comemorações pelo Dia Internacional do Idoso (1º de outubro), na sede da escola, no setor Laranja do Estádio da Cidadania. O evento, na tarde de ontem, reuniu cultura e arte em cinco estações que permitiam que os idosos mostrassem o trabalho desenvolvido pela escola da Terceira Idade, pertencente à Fundação Educacional de Volta Redonda (Fevre).
A estação “Dance, Cante, Atue” era coordenada pelo professor de teatro da Academia da Vida, Hormínio Gama, e reunia o maior público. Neste espaço houve apresentações de dança, coral e teatro, além de um telão com imagens das aulas que são realizadas durante o ano na academia. Com olhos atentos às apresentações estavam Rosália Rosa, aluna há 11 anos, que fez questão de elogiar os professores e a importância de se manter ativa; e Altarina Teodoro da Silva, há dois na academia, que destacou a continuidade dos estudos como o mais importante.
Muito procurado também era o painel “Flores em Você” que convidava os idosos a participar com as palavras: complemente, interaja, floresça.
– No início da comemoração, o quadro estava totalmente vazio e logo ficou todo repleto de flores de vários formatos – disse Áurea Pereira, que frequenta a academia há três anos. As professoras cortaram flores em diversos formatos e dispuseram em bacias para que os convidados fizessem a montagem que quisessem e colassem no mural.
Os mais extrovertidos buscavam a estação Fantasias com o convite “Transporte-se, Divirta-se e Fotografe-se”. No local havia diversas fantasias. Era só escolher em que personagem se transformar o fotografar para eternizar o momento. As experiências com esmalte e água atraíram idosos e crianças, que também estavam no evento. Com o lema: “Observe, Experimente e Crie”, o público era convidado a mergulhar objetos em água e esmalte e criar pinturas exóticas e abstratas.
O curso de português foi lembrado na estação “Letras: Crie, Expresse e Comunique”, onde os convidados fizeram frases com letras de isopor. A mais bonita e criativa lembrava de Jesus Cristo nos deu a vida.
De acordo com a diretora da Academia, Andiara Dias dos Santos, a ideia das brincadeiras entre professores e alunos foi para fazer uma comemoração diferente. Porém, todos os participantes receberam lanche e bolo durante o evento.
– Outra novidade também foi a doação de roupas doadas pelos próprios alunos. As peças foram dispostas em araras e quem quisesse podia escolher à vontade – lembrou Andiara.

Academia da Vida

Criada em 2002 pelo jornalista Oscar Cardoso, então assessor do prefeito Antônio Francisco Neto, completou 14 anos em março deste ano. E neste período, segundo a diretora, a escola evoluiu e manteve a essência de transmitir conhecimento para os idosos.
– Volta Redonda é a única cidade do país que oferece este aprendizado e conhecimento para a Terceira Idade. É um projeto maravilhoso e que tem ótima aceitação entre os participantes e a população – completou a diretora, frisando que a entrada para o evento é franca e todos de qualquer idade podem participar.
Os 700 alunos da Academia da Vida estão divididos entre os cursos de Português, Mundo Contemporâneo, Programa de Saúde, Informática, Arte e Teatro, Alfabetização e cursos de extensão, como o de Bem-Viver na Terceira Idade, o de Formação de Agentes Educadores Comunitários, o Programa de Apoio ao Voluntariado, e Oficinas de Criação, Coral e Dança, Inglês e Educação Financeira.
O aluno da instituição deve ter acima de 60 anos, mas 70 anos é a média de idade atual dos alunos. Através da alfabetização e cursos de atualidades e artes, os idosos são inseridos na sociedade achando seu espaço e aumentando a autoestima. Os cursos são preparados e ministrados por professores da Fevre. Os estudantes recebem kits com uniforme e material escolar no começo do curso, e todos os dias é servido um lanche elaborado por nutricionistas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document