Dia Nacional da Doação de Órgãos é lembrado em Barra Mansa - Diário do Vale
sábado, 25 de setembro de 2021 - 21:30 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Dia Nacional da Doação de Órgãos é lembrado em Barra Mansa

Dia Nacional da Doação de Órgãos é lembrado em Barra Mansa

Matéria publicada em 27 de setembro de 2016, 23:42 horas

 


Conscientização: OPO Barra Mansa e Banco de Olhos de Volta Redonda montaram tenda na Santa Casa para conscientizar famílias (Foto: Divulgação/Ana Lydia Plácido)

Conscientização: OPO Barra Mansa e Banco de Olhos de Volta Redonda montaram tenda na Santa Casa para conscientizar famílias (Foto: Divulgação/Ana Lydia Plácido)

Barra Mansa – Embora o trabalho de conscientização sobre a importância da doação de órgãos seja realizado durante todo o ano, em setembro, mês em que é comemorado o Dia Nacional da Doação de Órgãos, as ações são intensificadas. A Santa Casa de Barra Mansa, por meio da OPO Barra Mansa (Organização de Procura de Órgãos), e o Banco de Olhos de Volta Redonda realizaram nesta terça-feira (27) um evento de conscientização da família em relação à doação de órgãos. Uma tenda foi montada ao lado da entrada principal do hospital e panfletos informativos foram distribuídos. Uma equipe especializada tirava dúvidas de quem passava pelo local.
Dúvidas como a da pensionista Albertina Rocha, que aos 85 anos não sabia se poderia doar órgãos.
– Fiquei feliz em saber que se meus órgãos estiverem saudáveis ainda posso ser uma doadora – comentou.
De acordo com o Programa Estadual de Transplantes (PET), o grande desafio do Rio é a conscientização da população: no primeiro semestre de 2016, houve aumento da taxa de recusa familiar – de 42% para 48%. Ou seja, quase a metade das famílias que poderiam autorizar, recusaram a doação.
Em 2015, a OPO Barra Mansa realizou 81 captações de órgãos. Este ano, já foram 79, sendo a maioria de ossos – 29 captações. Só em 2016 a equipe enfrentou 12 negativas de familiares de possíveis doadores.
– Por isso, ações de conscientização são tão necessárias. Não basta a pessoa querer em vida ser um doador, tem que deixar isso claro para a família, pois é ela quem vai dizer o sim – exclamou o provedor da Santa Casa de Barra Mansa, Jair Fusco.

OPO

Inaugurada em abril de 2015, a OPO Barra Mansa, que funciona na Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, tem o intuito de implementar e levar à população, políticas que visam o estímulo à doação e ao transplante de órgãos na região. Formada por cinco enfermeiros e um médico coordenador, todos treinados em todas as fases do processo de doação e transplante, a equipe trabalha em esquema de plantão por 24 horas por dia e sete dias da semana.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document