segunda-feira, 6 de dezembro de 2021 - 21:23 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Em reunião, coletivo apresenta reivindicações a presidente da Suser

Em reunião, coletivo apresenta reivindicações a presidente da Suser

Matéria publicada em 16 de junho de 2016, 19:36 horas

 


Passe livre estudantil foi a principal solicitação; Barenco se comprometeu a buscar soluções

Volta Redonda – Membros do “Coletivo Lute Já” se reuniram na tarde desta quinta-feira (16) com o presidente da Superintendência de Serviços Rodoviários (Suser) para apresentar reivindicações referentes ao transporte público de Volta Redonda. A principal pauta abordada foi o passe livre estudantil irrestrito, além da circulação de ônibus 24 horas na cidade. A flexibilidade de horário para o uso do cartão de passe foi a principal abordagem, que de acordo com Danilo Caruso, membro do coletivo, Barenco se comprometeu a buscar soluções, mas sem garantias ou prazos. O encontro contou ainda com a presença do vereador Jerônimo Teles (PSC).

O principal problema enfrentado pelos alunos da rede pública é a restrição do período em que podem utilizar o cartão de passe, pois o uso é liberado apenas conforme o turno escolar. O ideal, segundo pontuou o coletivo, seria a irrestrição de horário, dia e número de viagens por dia, que atualmente é permitido somente duas – ida e volta.

– Flexibilizar o horário não faz diferença no custeio, não vai ser mais passagem. O aluno não pode ficar na escola para fazer trabalho, ou até mesmo jogar futebol?! – questionou Danilo.
Enquanto membro do movimento social, Danilo considerou o primeiro diálogo positivo, pela abertura de espaço, porém são esperadas respostas concretas, ainda que não resolvam de imediato todas as questões. Para a próxima sexta-feira (24), ficou marcada outra reunião para tratar sobre o aumento da passagem. Pauta que deu origem ao ‘Lute Já’, que tem feito reuniões semanais para debater mobilidade urbana. Para o encontro, é esperado que Barenco explique as planilhas em torno dos encargos da passagem.

O vereador Jerônimo Teles, que foi procurado pelo estudante Pedro Hausman, membro do coletivo, para auxiliar na reivindicação, também considerou a reunião promissora. Ele destacou que sua participação nessa reunião e demais encontros é justamente para atuar como um canal entre as partes. “Entendo que o mandato sirva como um canal e facilita o intermédio”, disse. Jerônimo afirmou ainda que está prevista para julho uma audiência pública na Câmara Municipal de Volta Redonda com a temática ‘Transporte Púbico: Passe Livre’. A data ainda será confirmada.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

7 comentários

  1. Se a quantidade de passagens é limitada, que prejuízo tem a empresa ao permitir que o estudante a utilize quando lhe convier?…

  2. A discussão é sempre válida. Todo esforço para promover a educação é válido.

  3. Todo mundo quer alguma coisa grátis, será que as pessoas não entendem que isso não existe, se alguém não paga nada um outro alguém paga o dobro.
    As pessoas deviam ser mais independentes e buscar cuidar das próprias vidas. Mais não, todo mundo quer um benefício, receber algo por não fazer nada, desde o grande empresário que recebe subsídio ao miserável que recebe bolsa família, passando por estudante que quer andar de ônibus.
    Como já disse Bastiat, há quase 200 anos e ainda é verdade: “O estado é a grande ficção onde todos tentam viver as custas de todos.”

  4. Isso aí. Tem de lutar pelo que acham certo. E esse vereador Jerônimo sempre ao lado dos justos. Força aí.

Untitled Document