terça-feira, 22 de outubro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Motoristas da São João Batista começam a voltar ao trabalho

Motoristas da São João Batista começam a voltar ao trabalho

Matéria publicada em 16 de março de 2016, 10:35 horas

 


Motoristas e cobradores da São João Batista pedem que pagamento seja feito sem atraso (foto: Arquivo)

Motoristas e cobradores da São João Batista pedem que pagamento seja feito sem atraso (foto: Arquivo)

Barra Mansa- Motoristas e cobradores da Viação São João Batista, que iniciaram uma paralisação na manhã desta quarta-feira (16), começaram a voltar ao trabalho. Eles estão seguindo orientação do Sindicato dos Rodoviários para cumprirem o que prevê a lei de greve e comunicar , com antecedência de 72 horas, sobre o movimento grevista.

Eles decidiram parar os serviços nesta madrugada e reivindicam o pagamento dos salários de fevereiro, que, segundo eles, está atrasado.

O setor jurídico do sindicato informou, no entanto, que eles podem parar novamente, na semana que vem.

O Sindicato dos Rodoviários informou que a viação, que perdeu as linhas urbanas de Barra Mansa com a licitação realizada pela prefeitura, tem hoje apenas a linha intermunicipal,  que opera com 13 ônibus.

Segundo eles, a empresa estaria alegando queda no número de passageiros transportados para justificar o não pagamento de salário.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

9 comentários

  1. Avatar

    O problema da SJB é que os donos não estão sabendo administrar a empresa há vários anos, ela sempre foi bem ruinzinha e agora só lhe resta fechar as portas. Ahh e o Detro pra quê serve ? pra nada !

  2. Avatar

    A viação São João Batista não tem condição nenhuma de operar a linha que ainda lhe resta. Nem para manter os empregos é vantajoso mantê-la em operação.
    Utilizo o transporte da empresa diariamente, e a situação dos coletivos chega a dar medo. Barulhos estranhos, veículos sujos, sem contar os pneus carecas que colocam a vida de todos em risco.
    Não trabalho na empresa, mas tenho bom senso apenas pelos colaboradores, pois embora tenha alguns que são péssimos em educação, existem outros que fazem o possível para prestar um bom serviço.
    Fico imaginando como deve ser trabalhar sem ao menos saber que dia o pagamento irá sair? O DETRO deveria retirar essa empresa de circulação e obrigar a substituta a absorver todos os trabalhadores, sem exceção, pois eles não têm culpa da falta de respeito da direção da empresa!

  3. Avatar

    Se a empresa tem menos linhas, menos ônibus, tem também menos funcionários, então essa desculpa não cola… Agora, essa linha Vista Alegre x VR não deve ter só treze ônibus não, porque no intervalo de 10 minutos passam quatro a cinco veículos…

  4. Avatar

    Desde quando isto é justificativa para não pagar os funcionarios,o pior é que dificil voce ver este onibus vazio,ja passou da hora desta empresa ir embora.

  5. Avatar

    Essa empresa nunca prestou…

  6. Avatar

    Eh uma pouca vergonha esse SJB eles sempre atrasa e fazem com que nos chegamos atrasados nos nosso empregos também… tira esse ônibus velhos de circulação será a melhor coisa… todos os dias chegando atrasada no local de trabalho por culpa deles… vontade de ir na empresa e mostra meu contra cheque pra que eles paguem do bolso deles, mas seria perca de tempo pois nem dinheiro eles tem.

  7. Avatar

    Essa empresa esta de brincadeira!!! reclamando de falta de passageiros kkkkkk coitadinho do dono dessa empresa… pobre que da até pena. Quero ver conseguir entrar nesses Ônibus de 6:00 da manha até as 9:00, sempre lotado com gente saindo pela janela… e na volta é a mesma situação…

  8. Avatar

    Tem que tira esse lixo de circulação pois já estamos cansados dessa empresa e seus empregado mal educados.trabalhou tem que recebe embora muitos ali deviam nos paga por atura esses malas.

    • Avatar

      Ola boa tarde… sou cobradora da Sjb E nunca tratei mau um passageiro… nao generalize os funcionarios pois tem mtos ali Q sao super educados…

Untitled Document