sábado, 25 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Equipe da Saúde conversa com adolescentes em Volta Redonda

Equipe da Saúde conversa com adolescentes em Volta Redonda

Matéria publicada em 16 de abril de 2019, 20:09 horas

 


Estudantes assistem palestra e tiram dúvidas sobre doenças através do Programa Saúde na Escola
(Foto: Evandro Freitas – Secom)

Volta Redonda- Cerca de 100 alunos do Colégio Estadual Presidente Roosevelt, no Conforto, participaram na manhã desta terça-feira (16), de uma palestra do Programa Saúde da Família, iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde. A gerente da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do bairro, Mariana Figueiredo, conversou com os estudantes sobre doenças que têm prevenção.
– Sabemos que é difícil de o adolescente ir ao posto para se vacinar. É uma população difícil de captar e vimos essa necessidade. Falamos sobre doenças que são prevenidas e as vacinas que têm no calendário básico do adolescente. Também entramos um pouquinho na questão da Dengue – explicou Mariana, que estava acompanhada da técnica de Enfermagem, Gilmara Licia.
O jovem Lucas Silva de Souza, de 15 anos e estudante do 1º do ensino médio, gostou da palestra e disse estar em dia com o cartão de vacinação.
– Meu pai me ajuda, observa o cartão de vacinação. Algumas doenças que vi hoje eu conhecia, outras não. Agora, sabendo mais, vou avisar, compartilhar. Posso ajudar todo mundo a se prevenir, a tomar cuidado – disse Lucas, que é morador do bairro São Sebastião.
Durante a palestra, os alunos puderam tirar dúvidas sobre doenças como sarampo, difteria, hepatite, entre outras. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, o PSE trata de diversos assuntos, conforme a necessidade de abordagem.
– O tema é variado, mas sempre tentamos focar no momento, trabalhar com o quê está acontecendo. Em alguns casos, as escolas têm dificuldade de abordar o assunto com os alunos e a Saúde faz esse trabalho, damos esse suporte. É fundamental trabalhar a prevenção com os jovens para reduzirmos os índices dessas doenças – afirmou Alfredo.
O prefeito Samuca Silva destacou que a meta do PSE é assistir 25 mil alunos da rede pública de ensino neste ano.
– Queremos que esses jovens reflitam sobre a prevenção e possam levar esse conhecimento também para suas casas, famílias e amigos. A educação é importante em todos os sentidos, inclusive em relação à saúde. Quem acompanha nosso plano de governo sabe que o Programa Saúde na Escola é uma prioridade – comentou Samuca Silva.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document