Escolas de Angra recebem melhorias de infraestrutura

Unidades escolares receberam diferentes intervenções e novos projetos

by Otávio de Paiva

Foto: Divulgação

Angra dos Reis – A Prefeitura de Angra dos Reis entregou três melhorias de infraestrutura para a educação municipal, com o CETI Frei João Moreira tornando-se uma escola vocacional de empreendedorismo, o CEMEI Deise Maria mudando para novas instalações e a E.M Prof. Sylvio Galindo recebendo quadra revitalizada. Na tarde desta quinta-feira (28), o prefeito Fernando Jordão, acompanhado do secretário de Governo e Relações Institucionais, Cláudio Ferreti, e a equipe da Secretaria de Educação, Juventude e Inovação (SEJIN), visitou os locais.

CETI Frei João Moreira

A primeira visita foi ao Centro Educacional em Tempo Integral (CETI) Escola Municipal de Educação Empreendedora Frei João Moreira, localizado na Enseada. Transformada em uma instituição de tempo integral, a escola foi a segunda beneficiada pelo Programa Revitaliza Escola, da SEJIN, que realiza intervenções e melhorias nas infraestruturas das escolas. A unidade recebeu climatização, nova pintura, instalação de smart TVs nas salas e a adição de um novo anexo com quatro salas, totalizando agora nove salas de aula.

A instituição iniciou o ano letivo de 2024 oferecendo educação empreendedora em tempo integral, servindo 293 estudantes em 9 turmas, do pré-escolar até o 5º ano. A unidade é a segunda escola municipal a implementar os projetos “Escola Vocacional Jovem Empreendedor” e “Empreendedor Mirim”, em colaboração com o SEBRAE, por meio do programa JEPP – Jovens Empreendedores Primeiros Passos.

– Nossa comunidade está extremamente feliz com as inovações na nova escola. A ênfase no empreendedorismo será fundamental na formação dos nossos alunos, com várias salas temáticas apoiando seu desenvolvimento pedagógico. A implementação do horário integral é outra vantagem que potencializará muito o aprendizado deles. Este avanço é um maravilhoso presente de aniversário para os 75 anos da escola, celebrados este ano – comemorou a diretora da unidade, Paula Simões.

A escola agora possui salas temáticas, projetadas para simular ambientes cotidianos ou desenvolver habilidades específicas, incluindo um laboratório de ciências, laboratório tecnológico e a sala maker, incentivando inovação, criatividade, empreendedorismo, trabalho em equipe, resolução de problemas, criatividade e liderança. A escola também proporciona agora aulas de educação financeira e ambiental.

– O objetivo do projeto é promover uma cultura empreendedora, encorajando os alunos a serem agentes de mudança e contribuir para o desenvolvimento socioeconômico de suas comunidades. Salas temáticas permitem uma aprendizagem prática e colaborativa, empregando recursos tecnológicos e metodologias ativas, como aprendizado baseado em projetos – comentou o secretário de Educação, Juventude e Inovação, Paulo Fortunato.

CEMEI Deise Maria da Silva Vieira

O segundo destino da equipe nessa quinta-feira foi o Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) Deise Maria da Silva Vieira, na Japuíba, onde foram inauguradas as instalações provisórias para funcionamento da unidade de educação infantil.
Com capacidade atual de 345 estudantes distribuídos em 14 turmas, do berçário 2 a pré-escola 1, o CEMEI dispõe de oito salas climatizadas, smart TVs, novos brinquedos e mobiliário, além de outros recursos. Atualmente, 305 alunos estão matriculados na unidade.

Durante a cerimônia, o prefeito Fernando Jordão também assinou a ordem de serviço para a revitalização do espaço definitivo do CEMEI, que faz parte do Programa Revitaliza Escola, e ficará pronto dentro de alguns meses.

– Estamos extremamente satisfeitos em realizar tantas revitalizações e inaugurações na área da educação da cidade. A cada escola que visito, a minha felicidade aumenta, reforçando a certeza de que estamos no caminho certo. Nossas unidades educacionais não deixam nada a desejar em comparação às escolas particulares. A motivação das crianças para estudar está crescendo cada vez mais, impulsionada por espaços climatizados e revitalizados e por projetos pedagógicos inovadores – frisou o prefeito Fernando Jordão.

Escola Municipal Professor Sylvio de Castro Galindo

Por último, a comitiva visitou a Escola Municipal Professor Sylvio de Castro Galindo, no Camorim, que teve sua quadra poliesportiva revitalizada. Esta é a sétima quadra entre treze em reforma.

A Secretaria de Infraestrutura e Obras Públicas entregou uma área com cobertura metálica, piso renovado, iluminação adequada, equipamentos esportivos e acessibilidade melhorada.

A Escola Municipal Professor Sylvio de Castro Galindo atende 341 estudantes, do pré-escolar ao 5º ano, e além da nova quadra, também está passando por obras de climatização.

– As infraestruturas de nossas escolas estão sendo revitalizadas a passos largos. A transformação também é vista nas cozinhas, quadras e pátios. Nosso objetivo é garantir que todas as crianças sintam alegria em ir à escola, e para isso, precisamos oferecer as melhores condições de infraestrutura e os mais qualificados profissionais de educação. Por isso e muito mais que Angra hoje é a cidade da educação – destacou o secretário de Governo e Relações Institucionais, Cláudio Ferreti.

You may also like

Leave a Comment

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996