sábado, 25 de maio de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Família faz campanha na internet para reconstruir casa após enchente

Família faz campanha na internet para reconstruir casa após enchente

Matéria publicada em 16 de abril de 2019, 17:21 horas

 


Para ajudar acesse o link: (www.vakinha.com.br/vaquinha/531649), qualquer valor pode ser doado

Cozinha da casa foi invadida pela lama
(Foto: Reprodução)

Volta Redonda- Felipe e Mirely Guimarães e os dois filhos, de 8 e 2 anos, perderam tudo após a enchente do último domingo, dia 07, a residência do casal, localizada na Avenida Santa Vitória, no bairro Retiro ficou destruída. O barranco atrás da casa deslizou e a lama invadiu os cômodos causando o estrago de todos os objetos. Após a tragédia, a família está promovendo uma “vaquinha” na internet para ajudar na restauração da casa e, principalmente, na construção de uma contenção do barranco. Para ajudar acesse o link: (www.vakinha.com.br/vaquinha/531649), qualquer valor pode ser doado. A campanha já arrecadou, até o momento, R$ 22.010,01.

De acordo com a família, esse dinheiro também será útil para a compra de portas, janelas, móveis e eletrodomésticos. E para agravar a situação, Mirely Guimarães, sofre de uma doença rara, Síndrome de Brugada, e está de coma desde 2017 e é cuidada em casa em um quarto que foi projetado especialmente para atender às necessidades dela, com auxílio do Homecare.

Depois da enchente, segundo Gabriele Guimarães, irmã de Felipe, a família se mudou provisoriamente para a casa dos pais de Mirely até conseguirem dinheiro para restaurar a casa e voltarem. Ainda de acordo com Gabriele, a família também está pedindo ajuda para arrecadar fraldas geriátricas para Mirely.

– A ajuda que preciso é que vocês nos ajudem a divulgar, para atingirmos o maior número de pessoas. Estamos também recolhendo doações de fraldas geriátricas tamanho G para minha cunhada. Agradeço demais se vocês puderem nos ajudar.  Deus abençoe – disse Gabriele.

Área de serviço da casa após o deslizamento do barranco
(Foto: Reprodução)


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document