sexta-feira, 18 de setembro de 2020 - 04:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Famílias afetadas pelas chuvas recebem doações

Famílias afetadas pelas chuvas recebem doações

Matéria publicada em 15 de março de 2018, 18:52 horas

 


Solidariedade: Corrente do bem arrecadou mais de 250 kg de alimentos, além de roupas, produtos de limpeza, de higiene pessoal e material escolar - Divulgação

Solidariedade: Corrente do bem arrecadou mais de 250 kg de alimentos, além de roupas, produtos de limpeza, de higiene pessoal e material escolar – Divulgação

Resende  – Fogões, geladeira, sofá, cama, televisores, utensílios de cozinha, roupas de cama, além de cestas básicas, material escolar, material de limpeza e de higiene pessoal foram alguns dos itens doados para as famílias que ficaram desalojadas e perderam tudo após as fortes chuvas que atingiram o município na semana passada. Mais de cem pessoas foram prejudicadas pelo temporal. No total, mais de 250 kg de alimentos não perecíveis como arroz, feijão, macarrão, café, açúcar, fubá, óleo e sal foram doados por pessoas e instituições que se sensibilizaram com a situação de quem teve casas invadidas pelas águas.
Os prejuízos foram tão grandes, que 40 delas tiveram que ficar temporariamente num abrigo provisório montado pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos na Granja do Januário, área próxima a Fazenda da Barra I. A prefeitura também participou ativamente do atendimento às famílias enviando para os locais atingidos técnicos da Defesa Civil, que fizeram a avaliação das moradias. Também foram enviados caminhões-pipa, utilizados na limpeza das casas. Assistentes sociais visitaram as famílias para levantar as necessidades, incluindo a retirada de novos documentos, já que muitas pessoas perderam tudo na enchente. Servidores da Secretaria Municipal de Saúde também prestaram auxílio aos desalojados.
Além das ações desenvolvidas pela prefeitura, os prejuízos causados pelas chuvas, que também afetaram famílias da Vargem Grande e Capelinha, foram amenizados graças ao apoio da população de toda a cidade, em especial da Associação de Moradores do Jardim do Sol; ONG Avas; Paróquia Sagrada Família; grupo Rotaract de voluntários e os Postos de Saúde da Barra I e Capelinha, que auxiliaram na logística de distribuição dos bens arrecadados.
– Fizemos uma ação imediata para atender as necessidades das famílias que ficaram vulneráveis depois das fortes chuvas. Realizamos um trabalho sério focado em atender toda a população com responsabilidade e carinho”, contou a secretária de Assistência Social, Jéssica Pavone. Ela ressaltou ainda que todos os anos é feito um treinamento simulando situações de emergência. “Foi assim que conseguimos dar suporte para as três regiões afetadas. Nessas situações temos um Plano de Contingência Municipal, que envolve a Defesa Civil, as secretarias de Assistência Social e Saúde, e ocasionalmente, o Exército”, explicou.
Ainda de acordo com a secretária, as intervenções realizadas pela prefeitura contaram com servidores extremamente capacitados para atuar nessas situações. “Fiquei muito feliz em observar como nosso povo é acolhedor e solidário com o próximo”, enfatizou.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document