terça-feira, 15 de junho de 2021 - 10:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Famílias de Resende cadastradas no Bolsa Família devem ir às unidades de saúde

Famílias de Resende cadastradas no Bolsa Família devem ir às unidades de saúde

Matéria publicada em 4 de abril de 2016, 13:50 horas

 


Beneficiados devem cumprir critérios de acompanhamento à saúde

pesagem

Acompanhamento de saúde é realizado a cada seis meses, quando as mulheres com idade entre 14 e 49 anos e crianças até sete anos devem ser pesadas nas unidades.
(Foto: Divulgação/PMR/Márcio Fabian)

Resende – As famílias de Resende que recebem benefícios do Programa Bolsa Família têm até o dia 6 de maio para realizar o acompanhamento da condicionalidade de saúde na unidade de saúde mais próxima. Este é um dos critérios do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome para o pagamento do benefício. São atendidas 2.210 famílias na cidade.

De acordo com a gestora do programa no município, Viviane Rodrigues Pires, o acompanhamento de saúde é realizado a cada seis meses, quando as mulheres com idade entre 14 e 49 anos e crianças até sete anos devem ser pesadas nas unidades. Os agentes de saúde ainda devem verificar o cartão de vacinas das crianças e o crescimento.

– Todas as mulheres e crianças das famílias que recebem o Bolsa Família devem passar por esse procedimento. Quem não atende ao chamado do programa corre o risco de receber advertência, e até mesmo ter o benefício bloqueado ou suspenso por um prazo de 30 a 60 dias – explica a gestora.

O objetivo do Governo Federal ao estabelecer condicionalidades é fazer com que as famílias assumam um compromisso com a educação e a saúde. Na área da educação, os responsáveis devem manter matriculadas na rede pública de ensino crianças e adolescentes de seis a 17 anos; comprovar frequência escolar de pelo menos 85% das aulas para crianças e adolescentes de seis a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos, todo mês. Na área da saúde, além do acompanhamento semestral de mulheres e crianças, as gestantes das famílias beneficiárias devem fazer o acompanhamento pré-natal.

De acordo com o site do Ministério do Desenvolvimento Social – http://mds.gov.br/ – um dos objetivos dessa ação é “Contribuir para o desenvolvimento saudável das crianças e para que os estudantes de famílias do Bolsa Família concluam a educação básica, tendo melhores condições de vencer o ciclo de pobreza”. As unidades de saúde funcionam de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document