segunda-feira, 29 de novembro de 2021 - 11:57 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Farmácia de Porto Real realizou quase 40 mil atendimentos neste ano

Farmácia de Porto Real realizou quase 40 mil atendimentos neste ano

Matéria publicada em 24 de setembro de 2019, 14:21 horas

 


Mais de 200 medicamentos diferentes são ofertados gratuitamente à população
(Foto: Alexandre AJ- Secom PMPR)

Porto Real- A Farmácia Municipal realizou 39.132 atendimentos neste ano. Entre os itens fornecidos estão medicamentos referentes aos seguintes programas de saúde: Atenção Básica; Asma/Rinite; Hipertensão e Diabetes; Tuberculose; Hanseníase; Saúde da Mulher e Tabagismo. Os usuários, de acordo com critérios exigidos em lei, também possuem acesso a outros itens como fraldas geriátricas e infantis e medicamentos de alto custo.

Além disso, há distribuição gratuita de métodos contraceptivos, dentre eles preservativos masculinos e femininos e medicamentos para úlcera gástrica e diversos problemas gastrointestinais; doenças psiquiátricas; infecções; enxaquecas; inflamações; entre outras enfermidades.

Segundo o prefeito Ailton Marques, a farmácia possui 219 medicamentos diferentes distribuídos gratuitamente aos moradores.

– A Farmácia Municipal disponibiliza à população de Porto Real um total de 219 medicamentos diferentes. Buscamos estar sempre adequados a todos os padrões exigidos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ofertando medicamentos de qualidade aos usuários da rede municipal de saúde – enfatizou o prefeito Ailton Marques.

O secretário de Saúde, Luiz Fernando Curty Jardim, explicou quais os procedimentos para ter acesso aos itens ofertados pela Farmácia Municipal.

– O morador pode adquirir os itens gratuitamente, desde que esteja devidamente cadastrado no sistema de informática do município. Além disso, é importante que apresente uma prescrição médica (receita) atualizada do Sistema Único de Saúde (SUS). Esses critérios são importantes para o melhor desempenho das atividades realizadas pela secretaria de Saúde e ainda para que os usuários do SUS tenham um serviço mais qualificado no que se refere à Farmácia Municipal – concluiu Luiz Fernando.

Cadastro

A secretaria de Saúde informou que apenas pacientes cadastrados no sistema possuem direito aos itens ofertados. A diretora de Atenção Básica, Irma Provazi, disse que para esse procedimento é necessário que o usuário compareça à Unidade de Saúde da Família referente ao bairro onde mora e apresente a documentação exigida.

– É indispensável a apresentação de identidade com foto; CPF; cartão SUS (com endereço atualizado); comprovante de residência em próprio nome ou contrato de locação ou declaração de moradia do locatário com firma reconhecida em cartório. Depois disso, o usuário receberá o agente comunitário de saúde, que irá fazer três visitas domiciliares para a confirmação das informações apresentadas – esclareceu a diretora.

 Alto custo e fraldas

 Dentre os quase 40 mil atendimentos estão os pacientes cadastrados no Programa de Alto Custo, os quais recebem mensalmente a quantidade necessária de acordo com o tratamento.

– Através da apresentação de um laudo médico enviado junto à solicitação de cadastro, os medicamentos de alto custo são ofertados pela Secretaria de Estado de Saúde. O acesso a eles depende de exigências específicas, de acordo com a Classificação Internacional de Doenças (CID). Há uma fila de espera por esses itens, que depende da demanda do estado – relatou a coordenadora da Farmácia Municipal, Keila Egalon, que explicou o procedimento para adquirir as fraldas geriátricas infantis e adultas.

– Para ter direito às fraldas, há necessidade de um laudo médico que apresente tal necessidade e a abertura de um processo junto ao Protocolo Municipal. Após a abertura do processo, o caso é avaliado junto à Assistência Social da Secretaria Municipal de Saúde e se estiver dentro das exigências, o paciente recebe em média dois pacotes de fraldas por mês – completou Keila.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document