FOA e prefeitura de Volta Redonda firmam parceria para segurança da cidade

by Vivian Costa e Silva

Foto:Vinícius Vinci/FOA

Volta Redonda – A Fundação Oswaldo Aranha (FOA) e a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) uniram forças para desenvolver um Plano Municipal de Segurança. A parceria inovadora tem como objetivo a elaboração conjunta de um planejamento estratégico para a cidade, sendo o primeiro dessa natureza na região.

A reunião para apresentação do projeto aconteceu nesta sexta-feira (10), no Auditório William Monachesi, no Campus Universitário Olezio Galotti, em Três Poços. O presidente da FOA, Eduardo Prado, recebeu o coronel Luiz Henrique, secretário de Ordem Pública de Volta Redonda e sua equipe, para discutir os detalhes do projeto.

Durante a apresentação, os assessores da presidência Luciano Azedias, Max Damas e Alessandro Orofino, compartilharam dados e diagnósticos das possibilidades e ações que podem ser aplicadas ao plano, bem como objetivos a serem analisados e colocados em prática.

Eduardo Prado destacou a inovação dessa iniciativa, desenvolvida em colaboração com a academia e tem como foco a segurança em Volta Redonda. Ele mencionou os desafios de uma cidade que ao mesmo tempo tem segurança eficiente e ainda enfrenta violência urbana. O presidente reforçou a importância de entender e responder a essas questões para aprimorar a qualidade de vida de toda a população.

“Poder participar de um plano como esse, contribuindo para nossa cidade e sociedade, é sem dúvida um orgulho para nós da FOA. Unir os nossos conhecimentos para um bem comum é muito importante, e estar à frente de um projeto inovador é sinal de que estamos no caminho certo para ter uma sociedade mais segura para andarmos sem medo”, disse o presidente Eduardo Prado.

O secretário de Ordem Pública elogiou a iniciativa de envolver estudiosos e especialistas da FOA no desenvolvimento do plano. E ressaltou que a abordagem proporcionará uma nova perspectiva e melhores ações para atingir os objetivos de segurança pública no município.

“Não tenho dúvidas que ao final teremos um plano que seja útil e aplicável para realidade de Volta Redonda, para que possamos tornar a cidade mais segura”, afirmou o coronel Luiz Henrique.

Foto:Vinícius Vinci/FOA

 

You may also like

diário do vale

Rua Simão da Cunha Gago, n° 145
Edifício Maximum – Salas 713 e 714
Aterrado – Volta Redonda – RJ

 (24) 3212-1812 – Atendimento

(24) 99926-5051 – Jornalismo

(24) 99234-8846 – Comercial

(24) 99234-8846 – Assinaturas
.

Image partner – depositphotos

Canal diário do vale

colunas

© 2024 – DIARIO DO VALE. Todos os direitos reservados à Empresa Jornalística Vale do Aço Ltda. –  Jornal fundado em 5 de outubro de 1992 | Site: desde 1996