quarta-feira, 23 de junho de 2021 - 17:52 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Frequentadores do Restaurante Cidadão reclamam no aumento do preço

Frequentadores do Restaurante Cidadão reclamam no aumento do preço

Matéria publicada em 7 de maio de 2015, 12:01 horas

 


Desde segunda-feira refeições estão custando R$ 2, enquanto o café da manhã passou para R$ 0,50

Cheios: Apesar do reajuste, aumento não afetou o movimento no Restaurante Popular em Barra Mansa(Foto: Thaís Fraga)

Cheios: Apesar do reajuste, aumento não afetou o movimento no Restaurante Popular em Barra Mansa (Foto: Thaís Fraga)

Barra Mansa e Volta Redonda  –

O Governo do Estado reajustou na última segunda-feira os preços do almoço e do café da manhã dos restaurantes populares mantidos pela Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos. Depois de 13 anos, as refeições passarão a custar R$ 2, o dobro do que era cobrado, enquanto o café foi reajustado de R$ 0,35 para R$ 0,50. E o aumento acabou desagradando os frequentadores dos locais em Barra Mansa e Volta Redonda.

– Para mim vai pesar um pouquinho no bolso no fim do mês, mas dá para levar. Já para algumas pessoas, é difícil até conseguir R$ 1 todos os dias, R$ 2 já vai ficar puxado, fico com pena – lamentou a aposentada Neusa de Oliveira, lembrando o caso de moradores de rua que costumam almoçar no restaurante em Barra Mansa.

De acordo com o Governo do Estado, o reajuste foi comunicado aos clientes há uma semana por meio de fiscais e também cartazes afixados nos restaurantes. Apesar disso, a equipe do DIÁRIO DO VALE encontrou pessoas que contaram que foram pegas de surpresa pelo aumento.

– Cheguei aqui na segunda-feira e já tive que pagar os R$ 2. Ninguém me avisou isso e nem cheguei a ver cartaz – afirmou a dona de casa Ronlene Moreira, que almoça todos os dias no Restaurante Cidadão de Volta Redonda.

Outro que se disse surpreendido pela alteração no valor das refeições e do café da manhã foi o administrador Paulo Ponciano.

– Eu até vi um cartaz na porta, pequeno, difícil de visualizar. As pessoas já estavam habituadas a pagar um real há anos. Na segunda-feira vi gente pedindo dinheiro na fila para completar o valor do almoço – contou ele que frequenta o local diariamente em Volta Redonda.

O DIÁRIO DO VALE tentou entrar em contato com o gerente do Restaurante Cidadão de Barra Mansa, mas por não ter permissão para falar não concedeu entrevista, mas se limitou a dizer que o reajuste não afetou o movimento. Já a assessoria de imprensa do Governo do Estado avaliou o aumento como “necessário e nada assombroso, tendo em vista o preço de um pão”.

O programa

Com 16 unidades na capital, na Baixada Fluminense e em municípios das regiões Metropolitana, Norte e Sul Fluminense, o programa atende a um milhão de pessoas por mês e fornece 5,3 mil almoços e 20 mil cafés da manhã de segunda a sexta-feira.
Os restaurantes populares são frequentados por estudantes, desempregados, aposentados e moradores de rua. O programa foi iniciado em 2006, primeiro ano da gestão do então governador do estado, Anthony Garotinho.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

30 comentários

  1. Só pra constar, com a ultima explanação do artigo ficou parecendo que esse programa só ajuda aposentados, desempregados e moradores de rua. Entretanto, pelo que vejo sempre que passo por lá, uma grande parte dos CLIENTES, (sim, pois não é porque a comida é servida quase de graça que torna-se doação, ainda é cobrado então ao meu ver não estão fazendo grande favor, apenas contribuindo para a inclusão de pessoas com pouca renda mensal), uma grande parte dos CLIENTES é trabalhadora, tem seu emprego e almoça lá por ser mais barato. É só passar por la qualquer dia pra ver quanta gente de uniforme de trabalho. Pois então, o que surgiu para mostrar a sociedade que era uma medida de DOAÇÃO do governo, sempre foi cobrado (ainda que pouco) e agora está aumentando. Vocês acham mesmo que o governo não poderia dar de graça esse serviço do restaurante? Bom, pelo tanto que roubam, não dá mesmo. Tristeza….

  2. Quem reclama do almoço por dois reais é safado sem vergonha e chora de barriga cheia.
    Nada cai do céu, tudo tem um custo tem um gasto, e o pior é que quem mais reclama são os folgados pão duros que tem condições de comer em outro lugar porque o patrão da vale-refeição ou porque tem condições financeiras mesmo mas comem lá por malandragem e falta de vergonha na cara.
    São os mesmos que tem coragem de solicitar o bolsa família ou bolsa escola sem ter um filho se quer. Pouca vergonha!!!!!!!

  3. Gente, eu sei que as coisas aumentam e nosso salário não aumenta de jeito nenhum pelo contrário só cai, frequento o restaurante popular e sei também que muitos tem dificuldade de arrumar 1 Real quem dirá 2 reais.
    Mas vamos ser claros, gente um almoço, elaborado por nutricionista, contendo todas as proteínas e vitaminas que o organismo humano precisa, com direito a uma sobremesa, você pagar 2 Reais, ta ótimo.

  4. JÁ TENHO A SOLUÇÃO. ALMOÇAR NO RESTAURANTE FASANO. É MAIS EM CONTA.

  5. Tem gente que vive de demagogia são os puxa sacos de políticos. Caro ė a água. Remedio. O gov Cabral quando dobrou o número de restaurantes e melhorou o cardápio ninguém elogiou. . .

  6. ENQUANTO ISSO O GOVERNO PAGOU 1.495 REAIS NUM ALMOÇO PARA UM UNICO DEPUTADO…SE EU PUDESSE JOGARIA UMA BOMBA NO CONGRESSO E MANDARIA ESTE FDP TUDO PARA O INFERNO…

  7. É difícil, sei que já está chato mais devo ter postado uns 100 comentários avisando que o Pezão e a Dilma junto com o canalha do Lula iria acabar com o país, agora estamos pagando o preço da burrice.

  8. Muitas pessoas reclamam em pagar 1,00 agora 2,00 Reais para almoçar, caro? caro nada! caro é a conta de LUZ e todo mundo paga sem reclamar. RESTAURANTE POPULAR EU APOIO.

  9. Desde ontem o DETRAN/RJ esta fazendo blitz em Pinheiral com direito até um depósito na cidade. Alô Albertassi!

  10. O que está sendo dito é que este tipo de restaurante vai acabar. Se estão reclamando que não podem pagar R$1,00, quero ver quando tiver que ir ao super mercado ou ficar sem comer. O ser humano é muito ingrato.

    • com todo respeito aos q reclaman,mas isto é por uma simples vontade de jogar pedra,pois um um café em qualquer lugar é 1.50 café simples,um marmitex por mais fraco q seja é 7.00um paste é 2 reasi,ali sempre almoçam funcionarios e alguns donos de firmas,como tambem alguns aposentados q nao querem fazerem comida em casa,reclamar de um bandeijao por 2 reais, é simplesmente fazerem parte do chororo e do pessimismo q o candidato mineiro derrotado ta querendo impor no Brasil,poi pra ele quanto pior melhor,e nao fala no buraco colocou Minas

  11. Pela foto se vê pessoas bem vestidas que não deveriam comer lá já que não existe um cadastro de quem realmente necessita de ajuda do governo estadual

    • O cidadão que está ali bem vestido, até se prove o contrário, paga seus impostos tbm, e imagino que mais até que vários outros. É igual o pensamento de quem diz que usuário de plano de saúde não deveria usar o SUS. O cara gasta duas vezes, paga pelos beneficiários de programas assistencialistas e não pode usufruir do seu próprio dinheiro?… Gente, imposto não é donativo!

  12. Caramba, quer reclamar do que?? Em 13 anos 1 Real de aumento…. Como queria que fosse assim com todas as outras coisas.

  13. O mal da humanidade, orgulho, ciume, inveja, traição e ARROGÂNCIA, o meu pai falava, menino não cospe pra cima que o cuspe cai na cara, um homem semi analfabeto mas com bastante esperiência de vida, já vi rico ficar pobre e pobre ficar rico, sem mais comentário.

  14. Muitos frequentadores não precisam comer ali. conheço aposentados que tiram carro zero da garagem para comer lá ou mesmo diversos funcionarios do comércio que recebem vale-refeição que também comem lá. Isso desvirtua completamente o projeto que é ajudar a população mais carente e de rua. Hoje o suor do meu trabalho subsidia a alimentação de um bando de folgados que tem dinheirio. Falta um cadastro social dos frequentadores, informando renda, escolaridade, e antecedentes criminais

    • O programa se chama Cidadão não é a toa. Cidadão independe de classe social, aquilo é um congraçamento, um espaço onde todos confraternizam numa hora em que todos são iguais. O Restaurante Popular não é programa assistencialista, mas sim um subsidio governamental…

  15. tem qua acabrar com essa isso somos nos mesmo quem pagamos isso para gente que nem recisa ta la comendo por dois reais a e ainda reclamando e uma vergonha nosso pais

  16. Só para lembrar, a refeição sai na realidade por R$10,00 reais, a diferença é paga pelos nossos impostos. Temos que acabar com assistencialismos populistas e lutarmos para que todos tenham condições de vida digna.

  17. Dois reais é um valor ainda simbólico e razoável tendo em vista a crise atual. Muitos mendigos ganham isso de gorjeta!… Antes desse restaurante existir as pessoas tinham que comer em outros lugares mais caros e que continuam mais caros que os dois reais…

  18. Não existe almoço grátis, já dizia o grande economista.

  19. R$2,00?Só!Tem gente que compra cigarro e paga muito mais caro, e ainda frequenta o Restaurante Popular.Sem reclamações povo,por favor!Ainda está saindo barato almoçar aí!

  20. Vai comprar salgadinhos que enche Mais!!! kkkkkk

  21. kkkkkk. Ta caro? vai gastar coum salgadinhos Na rua! Que enche Mais!

  22. Putz,

    Não é arrogância, ninguém é obrigado a ceder carne pra ninguém, o rapaz tá certo, a refeição acaba custando bem mais caro. Quem não tem necessidade, fazer o que, existe macarrão, miojo, pão, leite. Mas ainda quer RECLAMAR?

    Quem paga a conta é a gente que paga absurdos de impostos e ainda tem que dá emprego pro país.

    Absurdo alguém reclamar de um almoço por 2 reais, nem toda cidade tem essa mamata não.

  23. As pessoas que aparecem na foto acima me parecem ter condições de pagar os 2 reais em uma refeição. Agora infelizmente tudo está sofrendo reajuste em nosso país,enfim espero que todos tenham condições de conseguirem continuar almoçando por lá principalmente os que não tem condições financeiras.

  24. Tá caro?? não almoça lá…almoça em casa!!! Povo reclama de tudo.

  25. A vai… reclamar por dois reais… faz em casa e leva marmita então… duvido sair por menos de R$6,00 povo para reclamar também…

Untitled Document