Funcionário da prefeitura de Volta Redonda encontra carteira e devolve ao dono - Diário do Vale
segunda-feira, 27 de setembro de 2021 - 03:34 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Funcionário da prefeitura de Volta Redonda encontra carteira e devolve ao dono

Funcionário da prefeitura de Volta Redonda encontra carteira e devolve ao dono

Matéria publicada em 11 de março de 2018, 17:53 horas

 


Funcionário entregou carteira para rapaz que a tinha perdido

Funcionário entregou carteira para rapaz que a tinha perdido


Volta Redonda –
Paulo Roberto da Silva, de 32 anos, funcionário da equipe de capina da Secretaria Municipal de Infraestrutura, ( SMI), estava trabalhando quando achou uma carteira recheada de dinheiro e documentos. O trabalho estava sendo realizado na Praça dos Inocentes, na Vila Santa Cecília, na última sexta-feira, dia 9.

Paulinho, como é conhecido entre os companheiros de trabalho, não pensou duas vezes: decidiu devolver o dinheiro para quem pertencia e procurou o dono de imediatamente. Dentro da carteira, havia um número de telefone e cerca de R$ 500.

“Era uma boa quantidade de dinheiro. Alguém trabalhou para conquistar. Vivo em cima de princípios cristãos. Tenho dois filhos e sempre quero dar exemplo a eles”, explicou o funcionário público.

Do outro lado dessa história, estava o adolescente Gabriel Ortega, de 17 anos. Estudante da Faetec do Santo Agostinho e estagiário de informática da CSN, estava desesperado para achar a carteira com todo os documentos e parte do seu salário. Ele já não sabia mais o que fazer, desde a noite de quarta-feira, dia 8, quando perdeu a carteira.

“Foram dois dias de angústia. Voltei na Vila Santa Cecília à noite chovendo e não encontrei. Postei nas redes sociais, liguei para a empresa de ônibus e nada. Não tinha ideia onde poderia estar minha carteira. Tinha que pagar meu dentista e meu curso de inglês”, contou o jovem.

Foi, então, que a mãe do jovem recebeu a ligação de Paulinho. A devolução era só questão de tempo. Os dois marcaram o encontro na feira livre no bairro Aterrado, na manhã de sábado, dia 10.

“Fiquei impressionado com a atitude de Paulinho. É um exemplo de honestidade num tempo que só assistimos notícias sobre corrupção”, falou o dono da carteira. Paulinho finalizou: “Só fiz o que minha consciência mandou. Foi uma alegria ver a felicidade do Gabriel recuperando a carteira, seu dinheiro e os documentos”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

15 comentários

  1. Uma grande atitude de um pai de família. Parabéns.

  2. Isto serve de exemplo para estes políticos corruptos safados ladrões.

  3. Já achei 3 smartphones , no shopping 2 e 1 na padaria, todos deixei no estabelecimento com o proprietário, pois devem ser de clientes.
    O que é meu está guardado o que não é meu , simplesmente não é meu.

  4. Por se tratar de funcionário publico, tem mesmo que ser divulgado. Pois a desonestidade impera no funcionalismo publico e é oque todos os dias vemos na mídia, nas ruas de Volta Redonda e em todo o pais.

  5. Isso é normal no Brasil com as pessoas de bem, não é raro.

    Raro é mostrar este bom exemplo na mídia. No Brasil há milhões de cidadãos de bem. O que aparece de mal na mídia é somente alguns bandidos pilantras e desocupados, o que dá a impressão de que todos são iguais.

    Vindo de um funcionário da prefeitura (servidor público) demonstra que na PMVR tem exemplo a ser seguido.
    Atenção servidores!

    Mesmo sendo uma obrigação a devolução daquilo que não nos pertence deixo os meus parabéns ao Paulinho.

    Palavra chave do Paulinho para todos: princípios cristãos.

  6. CIDADÃO VR - O Original

    Infelizmente, algo que deveria ser o normal, vira até notícia de jornal! De qualquer forma, fica como exemplo de que ainda há pessoas honestas em nosso país. Parabéns!

  7. Num país de desonesto isso aparece no jornal.isso é obrigação nossa devolver o que não me pertence simples assim sem glamour ou holofote.Não fez mais que a sua obrigação independente da sua classe social.

  8. foi fumar um baseado na pracinha, ficou doidão e esqueceu nos banquinhos!!! kkkkk só em vr mesmo!!!

    • O rapaz trabalha, estuda na Faetec, faz curso de inglês, pelo jeito ele mesmo paga o seu dentista, o que é que vc tem a ver se ele fuma maconha ou não? Vai cuidar de sua vida seu mala.

    • kkkkkkkkkk pensei a mesma coisa

    • Se Leonardo da 20 pq eu não posso dar 2

      Pensei a msm coisa kkkk
      Mais isso não é da sua conta pois msm que se o rapaz tivesse ido fumar um baseado ele não te pediu nada,vc tinha criar vergonha na sua cara e não perder tempo falando asneira melhor fumar um baseado do que fazer fofoca da vida dos outros isso é pior do que um Beck pelo menos eletq fazendo mal a ele mesmo #liberaoverdinho

  9. parabéns Paulinho Deus vai te honrar muito.

  10. Parabéns pela honestidade, que apesar de ser o certo tem que ser enaltecido, já que hoje em dia está tão raro….

  11. É uma pena que esses princípios somente os mais humildes demonstram, na linha de contra-mão estão os políticos que não serve de exemplo para ninguém que fingem dar, dão esmolas aos mais pobres e roubam milhões.

  12. Parabéns para o rapaz q encontrou e devolveu. Mas isso não devia ser motivo de reportagem e sim um hábito de todos….

Untitled Document