sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Funcionários do UniFOA poderão levar seus pets em um dia de trabalho

Funcionários do UniFOA poderão levar seus pets em um dia de trabalho

Matéria publicada em 15 de julho de 2019, 16:01 horas

 


‘Pet Day’ acontecerá dia 25 deste mês, no dia, cada funcionário será responsável pelas necessidades de seu animal

Volta Redonda – Está comprovado: animais no ambiente de trabalho promovem diversos benefícios à saúde, como a redução de estresse e até aumentam o rendimento dos profissionais. Pensando nisso, o UniFOA criou o Pet Day, que acontecerá no dia 25 de julho, momento em que todos os funcionários poderão levar seus bichinhos de estimação para a instituição.

Sair de casa para a trabalhar deixando o animal é uma hora dolorida para a maioria dos donos. Essa dor, a preocupação e a saudade será diminuída nesse dia. 

Além de fortalecer a cultura de amor aos pets, bandeira já levantada pelo UniFOA, a instituição quer tornar o clima entre os colaboradores ainda mais saudável. “Sempre gostei muito de animais e nunca estivemos sozinhos em casa, tivemos vários cachorros ao longo da vida e hoje temos um gato, o Nick, que é o nosso xodó. A ideia principal do Pet Day, é proporcionar uma experiência diferenciada para os funcionários e também demonstrar quanto de amor a FOA tem pelos bichinhos”, destacou a promotora de eventos da FOA, Sonia Marczuk, e esposa do presidente da FOA, Dauro Aragão. 

Cientificamente, a presença de um pet no ambiente ativa a liberação de endorfina, substância responsável pela sensação de bem-estar. Não é à toa que os cachorros, por exemplo, são usados em visitas a hospitais e asilos.

No dia 25 de julho, cada funcionário será responsável pelas necessidades de seu pet – devem levar ração, água e cuidar da higiene dos bichos. Os animais poderão interagir com os outros cães e colaboradores, sempre acompanhados de seus donos. Para que a experiência seja, de fato, agradável, algumas recomendações são importantes: só bichinhos saudáveis, vacinados e que não tenham comportamento agressivo.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

5 comentários

  1. Avatar

    Como tem espírito de porco comentando no Diário do Vale… Nada nunca está bom para esses rabugentos, tudo é motivo para poréns e críticas…

  2. Avatar

    Por que ao invés de levar seus bichinhos de estimação para o trabalho não fazem uma visita às crianças autistas que ensinam mais que os animais às pessoas em Volta Redonda tem uma instituição destas que dá amor e carinho àquelas crianças que quando você as vê você sente vergonha de seus problemas. Lá cada um tem um sonho. Fui a um desfile promovido por esta instituição em que as crianças desfilaram representando cada um a profissão escolhida por eles, havia: – Bombeiros. Policial Militar, Enfermeiros; Professora; entre elas, só não vi a profissão de emergente, se é que vocês me entendem. É muito louvável amar os animais, dar carinho, conforto mas antes pensemos nas crianças que te falam com o olhar e te ensinam que a vida vale a pena ser vivida; tem também aquelas crianças em orfanatos e ainda aquelas que são órfãs de pais que trabalham e chegam cansados à noite e não tem tempo para seus filhos. Amem seus animais, esqueçam às crianças na velhice tu vai ser amparada por eles. Isto é se eles ainda estiverem vivos, pois a média de idade de uma criação é bem menor que a daquela criação que diz que pensa.

  3. Avatar

    Bela iniciativa! Parabéns ao UniFOA!

  4. Avatar
    Troque seu cachorro por uma criança pobre

    E o filho pode levar?

  5. Avatar

    PARABÉNS UNIFOA PELA INICIATIVA.
    ISSO QUE É INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR COM VISÃO DE FUTURO.

Untitled Document