segunda-feira, 22 de julho de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / GAABM lança concurso de redação sobre conscientização à adoção

GAABM lança concurso de redação sobre conscientização à adoção

Matéria publicada em 14 de maio de 2019, 19:02 horas

 


Evento contou com a presença do vereador Jefferson Mamede, autor do projeto de lei que insere tema ‘Adoção’, no calendário de atividades das escolas

Jefferson Mamede participa da abertura
(Foto: Divulgação)

Barra Mansa- Foi lançada no início desta semana, a segunda edição do concurso de redação promovido pelo GAABM (Grupo de Apoio à Adoção de Barra Mansa), cujo tema é “Adoção”. O evento tem por objetivo a conscientização em torno do tema e neste ano foi direcionado para cerca de 180 estudantes do 5º ano do Colégio Estadual Municipalizado Leonel Moura Brizola, localizado no bairro Vista Alegre.

A abertura do concurso contou com a presença do vereador Jefferson Mamede (PSC), que é autor do projeto de lei que institui o Dia da Adoção (25 de maio), no calendário oficial do município, dos coordenadores do GAABM, Marcos Arantes e Marcília Arantes, do diretor da escola, Douglas Dionísio Neves, das diretoras adjuntas Elizabeth Coutinho Borges e Flávia da Silva Cítero e da assessora da Gerência Pedagógica da Secretaria de Educação, Lélia Abrahão.

Para melhor orientar as crianças, na elaboração da redação, os coordenadores do GAABM fizeram uma dinâmica e ministraram uma palestra para os alunos, explicando e tirando dúvidas sobre como funciona o processo de adoção. Os autores das três primeiras redações, que serão selecionadas pela equipe de professores da escola, receberão as premiações no dia 25 de maio, na Praça da Matriz, em um evento que será alusivo ao Dia Nacional da Adoção.

– Nessa segunda edição do Projeto Adoção nas Escolas, que já acontece em vários estados do Brasil, o sentimento que fica é de gratidão às escolas que se abrem para receber o nosso grupo. O concurso de redação vem como forma de motivar os alunos sobre esse tema tão importante e conscientizá-los de que a adoção é só mais uma maneira de se construir uma família completa – ressaltou Marcília, ao agradecer o vereador Jefferson Mamede por ser parceiro do projeto.

Na oportunidade, o vereador Jefferson Mamede agradeceu pela oportunidade de sua participação na abertura do concurso e destacou a importância de se formar cidadãos com nova cultura e entendimento sobre o tema adoção.
– A gente quer que no futuro nossos alunos compreendam a adoção, sua importância e como funciona esse processo, sem que tenham nenhuma rejeição, sem nenhum preconceito – disse o vereador.

O vereador também falou para as crianças sobre seu projeto de lei, em tramitação na Câmara Municipal de Barra Mansa, por meio do qual fica determinada a criação da Semana sobre Conscientização à Adoção nas Escolas, inserindo atividades como palestras e concurso de redação. E, para finalizar, afirmou que o tema adoção merece atenção prioritária da sociedade.
– A escola está de parabéns por aceitar esse desafio. Fiz o projeto de lei sobre adoção por entender que esse é um tema que merece evidência. Hoje, no Brasil, são quase dez mil crianças esperando para serem adotadas. São crianças que não desfrutam do convívio com pai nem mãe, que sonham e mantém a esperança de um dia encontrar uma família que possa ser para eles uma referência. Nosso projeto de Lei e o concurso de redação tem por finalidade proporcionar um “novo olhar” entre os estudantes sobre o tema, pois assim, no futuro, quando esses alunos já estiverem em idade adulta, teremos uma sociedade que compreenderá a “adoção” de forma mais ampla, menos preconceito, mais naturalidade, e com certeza, com mais amor – finalizou o vereador.

Para o diretor do Colégio Leonel Moura Brizola, inserir os alunos no concurso de redação é uma oportunidade de mostrar, através da escrita o que as crianças sabem e pensam sobre adoção.
– Com a palestra ministrada pelos coordenadores do GAABM demos início ao processo de pesquisa e curiosidade com os alunos e finalizaremos com a escrita, perpassando pela conscientização de uma futura geração em processo de construção – salientou o diretor, ao acrescentar que os professores farão a seleção sem conhecer os autores, analisando os critérios de escrita e padrão de estética, bem como a pontuação.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document