domingo, 5 de julho de 2020

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Gestantes, puérperas e crianças devem ser vacinadas contra gripe até o dia 05, em Volta Redonda

Gestantes, puérperas e crianças devem ser vacinadas contra gripe até o dia 05, em Volta Redonda

Matéria publicada em 2 de junho de 2020, 20:48 horas

 


 

Crianças com mais de seis meses e menores de seis anos de idade precisam se vacinar contra a gripe
(Foto: Evandro Freitas- Secom)

Volta Redonda– A vacinação contra gripe foi prorrogada até a próxima sexta-feira, dia 5, as doses estão sendo aplicadas em gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças entre seis meses e menores de seis anos de idade (cinco anos e 11 meses), em 42 unidades de saúde da Atenção Primária, exceto nas que são polo de atendimento à Covid-19, que ficam nos bairros, 249, São João, Vila Mury e Volta Grande.
Os moradores desses bairros deverão ser vacinados nas unidades mais próximas desses polos. A referência para o bairro 249 é a unidade do Conforto. Já os moradores do bairro da Vila Mury estão sendo vacinados no Retiro. Os usuários da São João devem ir à unidade do bairro Belvedere e do Volta Grande no Centro Odontológico Concentrado (COC) do Santo Agostinho. A vacinação acontece das 8 até as 17 horas.
O prefeito Samuca Silva destaca que, desde o início da vacinação, a Prefeitura de Volta Redonda vem buscando alternativas para evitar aglomeração de pessoas.
– Já disponibilizamos doses nas unidades básicas de saúde, em sistema de drive thru, aplicamos a vacina em domicilio e nos postos de trabalho, dependendo do público-alvo, evitando assim aglomeração de pessoas nos locais de vacinação. Nosso objetivo é imunizar o maior número possível de pessoas, sem que elas corram o risco de contrair o novo coronavírus – disse o prefeito.
A vacinação contra a Influenza não protege contra Covid-19, mas vai auxiliar os profissionais de saúde no diagnóstico, ao descartarem os outros tipos de gripe na triagem, pelo histórico vacinal. Por isso, o secretário municipal de Saúde, Alfredo Peixoto, orienta a população composta pelo público-alvo a vacinar.
– A população já percebeu a importância de se vacinar e tem comparecido às unidades com os seus filhos. É muito importante manter o calendário de vacinação deles em dia. Estamos nos aproximando do inverno, onde cresce o número de crianças com problemas respiratórios e, consequentemente, cresce também os casos de internação por complicações respiratórias – disse o secretário.

 


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar

    Demagogias a parte, tenho 50 anos, tenho problemas de pressão alta, diabetes e procurei alguns dos postos de saúde para ser vacinado, TODOS negaram a vacina com resposta de que não poderiam vacinar, somente criancas e gestantes. Incrivel como funcionam as cabecas deste povo que se diz administradores, nem a secretaria de saude atendeu minhas ligações. Embora oque podemos esperar desse povo? Ah, continuo esperando a oportunidade de ser vacinado! quem puder me ajudar so me mandar e-mail.

  2. Avatar

    Onde já se viu , retirar um ser humano com essa idade de casa, que obrigatoriamente terá q ser conduzido por um responsável em plena pandemia e obriga-los a sair do bairro São João e parar no Belvedere.
    Amadores.
    Muitos não possuem carro, fica a pergunta: Todo mundo no ônibus?
    Amadores.

Untitled Document