segunda-feira, 18 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Guarda recolhe ao Depósito caminhão caçamba com água

Guarda recolhe ao Depósito caminhão caçamba com água

Matéria publicada em 30 de março de 2016, 14:01 horas

 


Há cerca de dois meses abandonado na Av. Jaraguá, veículo causava preocupação

caminhao

Volta Redonda – Na tarde desta terça-feira (30), o setor V da UCG (Unidade de Guarda Comunitária), recolheu ao Depósito Público Municipal um caminhão caçamba amarelo, placa KGO 0080, que estava há cerca de dois meses abandonado na Av. Jaraguá, no bairro Retiro, causando transtornos ao trânsito e juntando água de chuva, pois a caçamba estava aberta.

A preocupação da GMVR com esse caminhão já dura semanas, pois no último dia 4, a Guarda já havia chamado a Vigilância Ambiental, que enviou uma equipe ao local e jogou veneno para evitar a proliferação do mosquito aedes aegypti.

– Mas o problema continuou, pois fizemos várias pesquisas para encontrar o proprietário, mas sem sucesso. Além disso, ninguém da vizinhança conhece o veículo e nem o dono – disse o inspetor Augusto.

Após pesquisa realizada no Palm Top foi feito contato com o proprietário anterior, que afirmou ter vendido o caminhão e que não tem mais nenhuma ligação com o atual dono. Diante desse fato, o comando da corporação determinou que o caminhão fosse levado ao Depósito Público Municipal, aonde os agentes de combate ao mosquito vão toda semana. A caçamba do caminhão estava cheia de lama, muita água e vários objetos que poderiam servir como criadouro do mosquito. Antes de levar ao Depósito, os GMs tiraram toda a água da caçamba.

– A Guarda Municipal não vai dar trégua para o mosquito se proliferar. Estamos trabalhando insistentemente nesse combate, que só vai terminar quando todos os focos estiverem extintos. Volta Redonda conseguiu em dois meses reduzir o índice de infestação do Aedes aegypti de 4,0% para 1,4%. Queremos zerar esse índice – garantiu o comandante da GMVR, major Luiz Henrique Monteiro Barbosa.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

8 comentários

  1. Avatar

    DV não posta meus comentários.
    Maior censura!!!
    Dizer a verdade é motivo para ser censurado pelo DV

  2. Avatar

    Este gm tinha que ir ,na porta do super markt no retiro porque tem 4 carros venhos fazendo,corrida clandestinas atrapanhando os taxistas,e a suser esta ciente

  3. Avatar

    parabens a guarda municipal.otimo trabalho.

  4. Avatar

    A guarda municipal é arbitraria e ditatorial com os contribuinte municipais. Alem de espancarem os munícipes reboram arbitrariamente os bens privados sem quaisquer irregularidades. Me admira a OAB regional estar na contramão dos direitos constitucionais dos munícipes de volta redonda se curvando aos desmandos do prefeito e seus aliados.

  5. Avatar

    Mas se o veículo está estacionado em local que não é proibido, não existe lei que impede de ficar ali, não cabendo o recolhimento ao depósito, isso gera constrangimento ao dono do veículo e uma indenização, isso é um abuso por parte da guarda municipal.

    • Avatar

      Como o recolhimento do veículo ao depósito foi um ato ilegal, pois não há lei que o ampare, isso foi furto ou apropriação indébita por parte da guarda municipal!

    • Avatar

      o caminhão é seu? rua não é depósito de bem privado e se estava pondo em risco a população deve ser recolhido sim

    • Avatar

      É permitido sim a remoção de veículos e qualquer coisa que esteja em via publica. A via é publica, de todos, para todos e não para estacionamento particular ou guarda de materiais. Quer estacionar, isso pode. O que não pode é abandonar o veiculo na via. Deixar lá parado dias e dias. Isso é crime, está na lei. Outra, se deixar bens na calçada, na rua, é crime e pode ser removido no mesmo dia. Ô mania de querer falar mal de quem apenas cumpre o dever e a lei. Mas no Brasil, fazer o certo é errado, né?

Untitled Document