domingo, 17 de outubro de 2021 - 20:03 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Hemonúcleo de Resende quer aumentar estoque de sangue

Hemonúcleo de Resende quer aumentar estoque de sangue

Matéria publicada em 20 de fevereiro de 2017, 17:27 horas

 


Resende – O Hemonúcleo de Resende quer aumentar o estoque de sangue. Com a chegada do Carnaval a preocupação cresce devido aos casos de emergência. Pensando nisso, a direção do hemonúcleo está realizando uma campanha de conscientização, que tem por objetivo sensibilizar a sociedade e conquistar mais doadores.

De acordo com a médica responsável pelo serviço, Rosa Emília Bruno, para atender a demanda local com segurança, o hemonúcleo precisa de cinco a 15 doadores por dia, mas esta frequência nem sempre é assídua. Rosa lembrou que a solidariedade das pessoas é fundamental para manter o estoque em dia.

– A gente passa o dia a dia se preocupando com uma série de coisas e esquecemos de fazer a doação, que é um gesto simples, mas que pode salvar vidas. Ao entrar no Hospital de Emergência para visitar alguém, lembre-se de ir ao hemonúcleo, que fica bem ao lado, e fazer a sua doação – apelou Rosa.

Segundo a médica, para ser um doador é necessário: ter entre 16 e 69 anos (os menores de idade precisam de autorização dos responsáveis para fazer a doação); pesar mais de 50 quilos; estar saudável (sem sintomas de gripe, febre ou outro problema de saúde); além de estar bem alimentado (é proibido fazer a doação em jejum). No dia da coleta, o doador também precisa levar um documento com foto e, se fizer uso de medicamentos, deve levar os remédios para serem avaliados.

Como doar

As doações podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h. O Hemonúcleo fica numa área anexa ao Hospital de Emergência, ao lado do Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), no bairro Jardim Jalisco. Outras informações pelo telefone (24) 3381.4834.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document