quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Hotel Fazenda recebe segundo grupo da Terceira Idade de Volta Redonda

Hotel Fazenda recebe segundo grupo da Terceira Idade de Volta Redonda

Matéria publicada em 3 de dezembro de 2019, 19:33 horas

 


Segundo grupo de idosos chega ao Hotel Fazenda em Vassouras
(Foto: Evandro Freitas – Secom PMVR)

Volta Redonda- O Hotel Fazenda Ribeirão Hotel em Vassouras recebeu 250 idosos dos Grupos de Convivência da Terceira Idade, programa da Secretaria Municipal de Ação Comunitária (Smac). Eles formavam o segundo grupo da segunda etapa da Viagem da Terceira Idade. O primeiro roteiro incluía visita a pontos turísticos do Rio de Janeiro na programação e foi realizado em dezembro do ano passado.
A viagem de ônibus leva pouco menos de uma hora e chegando ao hotel os idosos são recebidos com café da manhã. Após o lanche, no refeitório, o grupo faz um passeio turístico pelas instalações e em meio à natureza que circunda o hotel fazenda.
No restante da manhã, todos aproveitam a área de lazer, que inclui piscina e lago para pescaria, até que o almoço seja servido. Na parte da tarde, é realizado um bingo encerrado com tarde dançante. A última refeição é o café da tarde para que os idosos façam a viagem de retorno à Volta Redonda.
O prefeito de Volta Redonda, Samuca Silva, esteve nos seis ônibus para desejar boa viagem aos idosos e ressaltou que a Viagem da Melhor Idade faz parte das políticas públicas de assistência ao idoso e está garantida. Ele fez uma alerta para as pessoas que ainda não participam dos programas para a terceira idade no município.
– A prefeitura oferece os programas Melhor Idade em Movimento (MIM) da Secretaria de Esporte e Lazer (Smel) e Grupos de Convivência da Smac. Basta procurar um núcleo próximo de casa e se inscrever para participar. As atividades trazem saúde física e mental para os idosos do município – falou Samuca.
A programação da segunda etapa da Viagem da Melhor Idade continua nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2020. Outros idosos dos programas Melhor Idade em Movimento (MIM) da Smel e Grupos de Convivência da Terceira Idade da Smac serão atendidos, e ainda vão passear os idosos da Academia da Vida, escola para idosos da Fevre (Fundação Educacional de Volta Redonda).
Cirlene Cecília Gonçalves, coordenadora do Grupo de Convivência Esperança, no Monte Castelo, estava orgulhosa, pois todos os doze membros do grupo estavam no passeio. “Formamos um laço de amizade e a viagem proporciona uma experiência nova para todos nós”, disse.
Dilson Muniz e Joaquim Leal da Silva fazem parte da Quadrilha da Melhor Idade, que ensaia semanalmente, às sextas-feiras, no bairro Rústico. “Somos muito ativos e passear é sempre um prazer. Vai ser um dia fora da rotina com a esposa e os amigos”, falou Dilson.
De acordo com o secretário de Ação Comunitária, Ailton da Silva Carvalho, a viagem conclui o ciclo de atividades realizadas pelos Grupos de Convivência dentro dos Cras (Centros de Referência à Assistência Social).
– Esse trabalho de assistência tem por objetivo promover integração e socialização dentro das comunidades para gerar melhor qualidade de vida. E a viagem oportuniza uma confraternização entre os grupos espalhados pela cidade – afirmou Ailton.
A secretária municipal de Esporte e Lazer, Maria Paula Tavares, que acompanhou o primeiro dia da segunda etapa da Viagem da Melhor Idade, afirmou que as atividades são pensadas de acordo com a preferência dos idosos. “A pescaria, o bingo e a Tarde Dançante foram sucesso”, disse, lembrando que tudo aconteceu dentro do planejado.
A gerente da Unidade Básica de Saúde da Família (UBSF) do Padre Josimo, Beatriz de Souza Campos, foi uma das enfermeiras que acompanhou os idosos durante a viagem. Ela explicou que o objetivo é prestar os primeiros socorros em caso de acidente ou de alterações de pressão arterial e glicemia.
– Estamos preparados para qualquer emergência, mas nunca houve ocorrência. A organização das atividades e a felicidade do momento colaboram para que tudo corra bem – acredita Beatriz, que também esteve com um grupo no passeio ao Rio de Janeiro.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Baruch Hashen Adonai

    Pão e Circo para o povo… Quero ver esses mesmos idosos precisando de serviços públicos de saúde. O Brasil é uma fábrica de pessoas que só querem se divertir as custas de dinheiro público e que NÃO pensam na coletividade. A saúde pública em Volta Redonda está um lixo, precária e os poucos recursos existentes são aplicados para um grupo restrito de pessoas que diga-se de passagem, em algum momento vão precisar de serviços de saúde e NÃO vão ter, restará dizer: Procurem saúde na viagem.

  2. Avatar

    Enquanto isto:
    o equipamento da Clinica do Idoso continua quebrado.
    Idoso não tem atendimento prioritário nos postos de saúde.
    Cadê o Programa da Saúde da Família?
    O povo se ilude com pouca coisa….
    Isso aqui tá uma merda..
    Querem dar um cala boca no povo com essas viagens ridículas
    Está querendo mostrar que pode fazer igual ao Neto.. Só isto!

  3. Avatar

    Eu só conheço o Hotel Fazenda Ribeirão de Barra do Piraí. Onde fica esse de Vassouras?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document