segunda-feira, 17 de janeiro de 2022 - 22:05 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / I Feira de Empreendedorismo é realizada por moradores do bairro Colônia Santo Antônio em BM

I Feira de Empreendedorismo é realizada por moradores do bairro Colônia Santo Antônio em BM

Matéria publicada em 22 de novembro de 2021, 08:16 horas

 


O evento teve apoio da prefeitura; com o resultado, organizadores já planejam edições mensais da Feira

Secretário de Desenvolvimento e prefeito estiveram presentes (Foto: Felipe Vieira)

Barra Mansa –  O empreendedorismo está em alta no Brasil e no mundo. Segundo pesquisas especializadas, a iniciativa no nosso país alcançou este ano 38% na TTE (Taxa de Empreendedorismo Total). De olho nesses números, que movimentam a economia e geram renda, moradores da Colônia Santo Antônio em Barra Mansa, se uniram e realizaram neste domingo (21), a I Feira de Empreendedorismo do bairro. O evento teve total apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Tecnologia.

O prefeito Rodrigo Drable, acompanhado da família, prestigiou a Feira. “Esta é uma iniciativa pioneira que acontece no município. O ato de empreender demonstra que os moradores também querem avançar. Eles se organizaram pra que isso se concretizasse”.

O secretário de Desenvolvimento, Bruno Paciello, completou: “Temos grande orgulho em apoiar o trabalho realizado entre moradores, empreendedores e associação de moradores. Nossa intenção é fomentar a realização de novas edições, oferecendo treinamento e capacitação para os empreendedores por meio de entidades, como por exemplo, o Sebrae. Esta é uma iniciativa que, inclusive, pode chegar a outros bairros da nossa cidade”.

O presidente do Legislativo municipal, vereador Luiz Furlani e o vereador Dudu Pimentel também visitaram a Feira de Empreendedores.

A praça esportiva se transformou para receber em torno de 50 empreendedores, todos do bairro. No espaço foi possível conhecer equipamentos eletrônicos, artigos de papelaria personalizados, tapeçaria, e moda feminina, além de conferir as suculentas, plantas usadas na decoração interna e externa de ambientes. A economia criativa marcou presença no evento com artigos de bijouterias,decoração e enfeites de mesa para a noite de Natal. Não faltaram os donuts e outros doces, delícias de darem água na boca.

A área externa da Feira foi dividida entre a Praça de Alimentação, com chopp artesanal, food trucks, verduras e folhosas tradicionais e orgânicas; recreação, com pintura no rosto e brinquedos infláveis gratuitos para a alegria da garotada e área pet, para a doação de animais saudáveis, que foram resgatados das ruas pelo Instituto Aline Rangel e a ONG SOS bem estar animal e ambiental, onde receberam os cuidados necessários.

Segundo a presidente de moradores do bairro, Célia da Silva de Araújo, a realização da Feira comprovou a importância do trabalho desenvolvido em parceria e com foco em objetivos comuns. “Muitas pessoas tiveram que se reinventar durante a pandemia e alguns, descobriram no empreendedorismo uma forma de se manter ativo, gerar negócios e prover o sustento da família. Agradeço o carinho e o apoio recebido da Prefeitura. Isso nos deu força para organizar o evento, que foi idealizado em um grupo do WhatsApp  e saiu do papel em apenas três semanas”.

Otimistas, Fábio Oliveira e Angélica Elias, organizadores da Feira, garantiram que o evento acontecerá no bairro pelo menos uma vez por mês. “Queremos dar visibilidade aos empreendedores do nosso bairro e contribuir para o sucesso dos negócios gerados por meio desta iniciativa”.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document