;
domingo, 29 de novembro de 2020 - 03:52 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Idoso perdido em Volta Redonda reencontra família com ajuda da prefeitura

Idoso perdido em Volta Redonda reencontra família com ajuda da prefeitura

Matéria publicada em 6 de fevereiro de 2020, 16:23 horas

 


Idoso, de 70 anos, estava perdido em Volta Redonda
(Foto: Divulgação)

Volta Redonda- Um idoso, de 70 anos, que estava perdido na Rodoviária Francisco Torres reencontrou sua família do Rio de Janeiro, após ajuda do Serviço de Atendimento ao Migrante, da Secretaria de Ação Comunitária (Smac), na última segunda-feira (03). Os profissionais, que atuam na rodoviária, perceberam que o idoso estava perdido e fizeram o primeiro atendimento que o levou de volta à família na capital.

– Fomos informados de que havia um idoso na rodoviária que parecia estar confuso e que não sabia voltar para casa. A equipe de abordagem encaminhou para o Centro Pop, onde houve a continuidade do atendimento. Conseguimos descobrir o endereço da irmã dele no Rio e, a partir daí, iniciou-se os contatos para levá-lo de volta à cidade onde vive – explicou a coordenadora do Centro Pop, Roziléia Delizandra Apololinário.

Na quarta-feira (05), a filha do idoso veio buscá-lo. A coordenadora contou ainda que, segundo informações da família, não é a primeira vez que ele sai de casa assim.

– Com essa ação realizada, temos certeza que estamos no caminho certo, voltando o olhar para as pessoas que necessitam de cuidado. O Centro POP tem essa importância. Promove a articulação entre os serviços e as políticas públicas para a garantia do acesso ao direito de todos. Olhamos para quem está em uma situação de exclusão para incluir – comentou o secretário de Ação Comunitária, Ailton da Silva.

Atualmente, a Smac trabalha com a rede de proteção através de dois departamentos: o Departamento de Proteção Básica, que age na prevenção junto às famílias para fortalecimento do vínculo familiar; e o Departamento de Proteção Social Especial (DPES), quando já ocorreu a violação de direitos e a pessoa precisa de proteção social urgente.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Um comentário

  1. Avatar

    Esse senhor estava na Rodoviária pedindo dinheiro para ir embora. um Fiscal da Rodoviária oriento o mesmo a ir ao Serviço de Atendimento ao Migrante da Rodoviária. igual a esse senhor tem um monte dentro do terminal. Já passou da hora deste Serviço de Atendimento ao Migrante, da Rodoviária começar a agir, Só Jesus na causa.

Untitled Document