;
quinta-feira, 26 de novembro de 2020 - 23:24 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / IFRJ oferece curso gratuito de combate ao racismo em Pinheiral

IFRJ oferece curso gratuito de combate ao racismo em Pinheiral

Matéria publicada em 1 de maio de 2019, 17:28 horas

 


Inscrições podem ser feitas até dia 09 deste mês; aulas vão acontecer as quintas-feiras, de maio a junho

Curso acontece no campus Pinheiral e, é aberto a qualquer interessado na temática
(Foto: Arquivo)

Pinheiral- O Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ), campus Pinheiral, está com inscrições abertas até o dia 09 de maio para o curso gratuito intitulado “Literaturas Africanas e Afro-brasileiras contra o racismo”. As inscrições devem ser feitas através do formulário, disponibilizado no link: https://forms.gle/8j4wLBQQhVeAsmaVA. As aulas vão acontecer as quintas-feiras, das 19h30 às 21h30, de maio a junho. O curso confere certificado e tem a carga horária de 14 horas.
De acordo com o IFRJ, o objetivo é oferecer, a professores formados e em formação, mecanismos e estratégias, por meio da literatura, para combater o racismo estrutural e institucional. Apesar do direcionamento para docência, o curso é aberto a qualquer interessado na temática.

Serviço

Mais informações pelo e-mail neabi.cpin@ifrj.edu.br. O Campus Pinheiral fica na Rua José Breves, 550, Centro. O curso “Literaturas Africanas e Afro-brasileiras contra o racismo” é uma oferta do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi), juntamente com a Coordenação de Extensão (Coex) da unidade.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

3 comentários

  1. Avatar
    Waltair Santos de Oliveira

    Muito bom! Apagando de vez a História escrita com:”I”.

  2. Avatar
    Pagador de impostos

    Não bastava dar boas aulas de história do Brasil, enfatizando o triste período da escravidão negra por aqui ?

  3. Avatar

    isso é coisa do reitor tetéia ex petista, todos nos somos iguais, quer dar curso de literatura africana, pode dar mas não venha com este papo furado de racismo.

Untitled Document