segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Ilha São João sedia Campeonato de líderes e animadores de torcida

Ilha São João sedia Campeonato de líderes e animadores de torcida

Matéria publicada em 4 de dezembro de 2017, 09:46 horas

 


Volta Redonda – Uma exibição de movimentos precisos e boa coordenação marcaram a segunda edição do Campeonato Nacional de líderes e animadores de torcida, o “Cheerfest Supernational 2017”. O evento foi realizado na Ilha São João, neste fim de semana.

Cauê Souza, organizador e idealizador do evento, é de Volta Redonda, mora no Rio, mas escolheu a cidade natal pela boa estrutura ofertada.

– Já a ideia do campeonato eu trouxe dos Estados Unidos, onde eu morei por sete anos. Lá existe esta competição há bastante tempo e é muito popular. Sempre tive vontade de realizar um evento desses no Brasil, mas a falta de apoio sempre foi um empecilho. Mesmo assim consegui realizar a primeira edição sozinho. Mas para este ano tivemos o apoio da secretaria municipal de Esporte e Lazer (Smel), como também a ajuda de uma Central de Ambulância de Minas Gerais, a Luiz + Vida, que trouxeram uma ambulância de Minas para nos acompanhar – comenta.

A edição deste ano reuniu cerca de 550 atletas de 20 universidades e sete clubes independentes dos estados do Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Paraná. Além disso, contou com a presença de quatro jurados americanos, especialistas no torneio e campeões mundiais.

– As pessoas estão aderindo muito bem e cada vez mais aos torneios e eventos porque este campeonato proporciona uma união dos atletas, a evolução do esporte e a divulgação das instituições participantes. A edição deste ano foi dividida em dois grupos de disputa, que são as universidades e all-star (clubes independentes). Já a premiação de troféus e medalhas foram para os vencedores de oito categorias individuais e de três níveis na disputa por times, para cada grupo (universidades e all-star) – esclarece.

A capitã da equipe da Universidade Anhembi Morumbi, de São Paulo, Bruma Suemi, afirma que é a primeira participação de sua equipe neste torneio. Ela disse que já participaram de outros eventos e que a equipe precisa de muito foco nas apresentações.

– Durante a exibição é avaliado os elementos como a coreografia, elevação, salto, lançamento e dança. É preciso treinar muito, para este evento a minha equipe treinou o ano inteiro e quando chega perto do campeonato os treinos são mais intensos ainda. É preciso ser atleta ou gostar muito de ginástica para participar, mas quem tem força de vontade também pode arriscar. Viemos com 26 atletas e estamos bem preparados – ressalta Suemi.

O treinador da equipe da universidade Rural do Rio de Janeiro, Lucas Motta, diz que sua equipe já participa de campeonatos desde 2015 e para este ano trouxe 10 atletas.

– Este ano o nível técnico esteve muito alto e com um número maior de atletas e equipes. E apesar de ser uma modalidade nova no país, a coreografia e a beleza dos movimentos é o que mais atrai o público – opina Lucas.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

6 comentários

  1. O cara vai morar ilegal nos EUA, vira um delicadinho que gosta dessas bobeiras americanas, aí traz pra cá e acha bonito.

    Vai jogar uma bola, basquete, nadar, fazer alguma coisa que preste, em vez de ficar babando ovo de americano.

    No mínimo lá era lavador de pratos.

    E tem coragem de por esse nome ridículo no evento, num país que fala português.

    Mais um pobre de direita.

    Mais um coxinha imigrante ilegal.

  2. a população nunca fica sabendo dos eventos que acontecem em nossa cidade. a cidade nao tem nada para se fazer com a familia final de semana, e quando aparece algum evento interessante nao é divulgado! eu pelo menos nao vi anuncios sobre este evento! eu só fico sabendo depois que ja aconteceu, o diario do vale quase sempre posta o que se passou em nossa cidade! tem que ter mais divulgação!

    • Olá Vinícius

      Eu como organizador do evento enviei um release para vocês meio de comunicação da cidade pedindo ajuda para a divulgação do evento – que no caso foi um evento gratuito, esportivo e familiar.

      Infelizmente quando não gera dinheiro aos mesmo fica bem difícil de conseguir tal ajuda.

      Espero que em 2018 tenhamos um pouco mais de apoio, pois o evento é realmente um espetáculo.

      Facebook : Cheerfest Championship
      Instagram : @cheerfest_brasil

  3. nossa grande evento. tinha 4 pessoas assisitndo

    • Fazemos o evento para os atletas … Se o público aparece é apenas a cereja no bolo. O importante aqui não é o evento estar cheio… E sim ter os participantes satisfeitos. Obrigado

Untitled Document