domingo, 25 de outubro de 2020 - 17:11 h

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Inea e Nações Unidas recebem projetos sustentáveis para a Baía de Ilha Grande

Inea e Nações Unidas recebem projetos sustentáveis para a Baía de Ilha Grande

Matéria publicada em 22 de abril de 2017, 08:45 horas

 


Interessados podem se inscrever até o próximo domingo

Sul Fluminense – A população fluminense pode apresentar soluções sustentáveis para a preservação da Baía de Ilha Grande, situada no Sul Fluminense, através do Desafio BIG, uma ação inédita no Rio de Janeiro. A iniciativa inclui um processo de seleção e de capacitação para propostas que busquem soluções para os problemas ambientais da região. A inscrição pode ser feita até o dia 23 de abril, no site www.big2050.org.

A BIG 2050 é um novo modelo de gestão integrada ecossistêmica desenvolvida no âmbito do Projeto Gestão Integrada Ecossistêmica da Ilha Grande (Projeto BIG), que é coordenado e executado pela Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

– A Iniciativa BIG 2050 é inovadora na aplicação do conceito de Gestão Integrada de Ecossistemas dentro da esfera pública, criando novos espaços para a participação da sociedade na construção de uma BIG mais sustentável. Acreditamos que o desafio BIG incentivará o surgimento de ideias e soluções inovadoras para a conservação ambiental – disse o diretor de Biodiversidade, Áreas Protegidas e Ecossistemas do Inea, Paulo Schiavo.

Segundo o gerente do Projeto BIG da FAO, Tiago Rocha, a Baía da Ilha Grande abriga uma das mais ricas sócio-biodiversidades do Brasil, ainda muito bem conservada, mas que apresenta uma série de pressões aos ambientes terrestre e marinho.

– No intuito de aprimorar a gestão e os mecanismos de conservação dessa região, a FAO e o Inea têm atuado há mais de 5 anos por meio do Projeto de Gestão Integrada do Ecossistema da Baía da Ilha Grande. Após esse período, foi possível consolidar uma nova estratégia de atuação, trazendo uma inovação na gestão ambiental – destacou Tiago Rocha.

Ao final da seleção, dez propostas poderão ser remuneradas em até R$ 50 mil e apoiadas para o projeto sair do papel.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)
Untitled Document