terça-feira, 19 de novembro de 2019

TEMPO REAL

 

Capa / Cidade / Jornada Pedagógica da Educação Infantil acontece em Barra Mansa

Jornada Pedagógica da Educação Infantil acontece em Barra Mansa

Matéria publicada em 8 de novembro de 2019, 14:36 horas

 


Cerca de 250 professores da Rede Municipal de Ensino participaram do encontro

Barra Mansa- A Escola Municipal Belo Horizonte, na Vista Alegre, sediou a VII Jornada Pedagógica da Educação Infantil, nesta sexta-feira (08). Cerca de 250 professores da rede municipal participaram da iniciativa, que tem como objetivo principal garantir o conhecimento para, posteriormente, ser colocado em prática nas unidades escolares do município. Com o tema Mochila das Descobertas, os profissionais se dividiram em cinco oficinas envolvendo as ciências.

O secretário de Educação de Barra Mansa, Fernando Vitorino, esteve no local, fazendo a abertura da atividade. “Esse é um trabalho desenvolvido com muita dedicação e empenho dos profissionais envolvidos. O foco da educação no município sempre será na melhoria do ensino e nosso objetivo é sempre capacitá-los e promover um momento em que eles possam trocar experiências e vivências em sala de aula”, expressou.

A gerente de Educação Básica Saionara Maciel ressaltou a interlocução entre os segmentos. “É importante que a Secretaria Municipal de Educação seja uma só e para isso a equipe dos diversos segmentos da rede precisa interagir e somar forças, como está acontecendo aqui hoje”, pontuou.

A assessora da Educação Infantil Helen Fernanda Machado explicou que o trabalho é desenvolvido pela equipe de assessoria e os aprendizados já estão inseridos no cronograma de ensino do próximo ano letivo.

– Nós estamos plantando a semente para que em 2020 os professores coloquem em pratica o que está sendo desenvolvido. Hoje estamos trabalhando as ciências e notamos que há um grande interesse e participação dos envolvidos – disse a assessora.

O professor de química e articulador de ciências, Lucas Peres Guimarães, foi responsável pela organização da atividade. Ele, que é professor dos anos finais, explicou que essa parceria entre os grupos é fundamental para que não haja rupturas no ensino.

– Nosso objetivo não é tornar os alunos cientistas, mas sim estimular neles a capacidade de questionar e trabalhar diversas descobertas. Tudo gira em torno da ciência e a função do educador é sempre atiçar a criatividade deles – frisou o profissional, que recebeu um convite para apresentar o projeto na instituição federal Pedro II, no Rio de Janeiro, no dia 30 deste mês.


Comente com Facebook
(O Diário do Vale não se responsabiliza pelos comentários postados via Facebook)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*

Untitled Document